BullGuard lança scanner de segurança para IoT

Segurança

Em plena revolução da Internet das Coisas, a segurança é um dos principais receios e obstáculos. É neste contexto que a especialista britânica BullGuard está a lançar um scanner para IoT, que aparentemente é o primeiro do mercado – e melhor, gratuito.

A solução chama-se BullGuard IoT Scanner e a ideia é ajudar os consumidores a descobrirem se algum dos seus aparelhos conectados pode estar vulnerável a ataques de terceiros. Se o aparelho inteligente estiver à mercê de intrusos, o sistema fornece detalhes sobre o problema de segurança em questão.

“A Internet das Coisas transformou-se rapidamente de um mercado de early adopters para o mercado de massas, mas ao fazê-lo introduiu uma série de receios de segurança para os consumidores”, reconhece Paul Lipman, CEO da BullGuard. O executivo acredita que este IoT Scanner pode ser um primeiro passo para endereçar estes problemas.

O sistema utiliza dados do Shodan.io, o primeiro motor de busca para aparelhos conectados, para procurar dispositivos vulneráveis e apresentar os resultados de forma simples. Isto inclui câmaras de segurança, monitores para bebés, Smart TV e wearables, que podem estar visíveis a piratas.

O consumidor recebe um relatório da análise por email e as notificações podem ser partilhadas com amigos e família que também usem este tipo de aparelhos.

“A responsabilidade de assegurar que os aparelhos conectados estão seguros é partilhada entre consumidores, fabricantes e fornecedores de soluções de segurança, e é importante que cada um faça a sua parte”, refere Lipman. “Desenvolvemos o BullGuard IoT Scanner para dar o controlo aos utilizadores. É rápido, é fácil e gratuito, e oferece paz de espírito.”

Além desta solução (uma aplicação web), a empresa também está a oferecer o download de um guia para os consumidores, com informações úteis sobre a segurança na Internet das Coisas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor