Empresas enfrentam desafio de garantir suporte remoto de TI

EmpresasGestãoNegóciosResultados
0 15 Sem Comentários

Este é um dos resultados da pesquisa realizada pela Riverbed Technology, fornecedora de soluções de infraestrutura para desempenho de aplicações. O estudo revela que as organizações estão enfrentando múltiplos desafios com gerenciamento de TI em filiais e escritórios remotos (ROBOs).

A empresa conversou com profissionais de TI sobre as dificuldades que enfrentam em relação à gestão da tecnologia das unidades distribuídas geograficamente e descobriu que dar suporte ‘nas pontas’ consome muito tempo e custa caro, com demanda intensiva de recursos e grande potencial de riscos para a segurança dos dados.

De acordo com o estudo, a TI nas unidades remotas permanece gerenciada da mesma forma, como há 20 anos, de maneira descentralizada em centenas de locais remotos e filiais. No entanto, essa abordagem pode trazer risco de dados e penalidades operacionais para as empresas a um custo extremamente elevado.

Considerando os diversos desafios associados ao gerenciamento de sites remotos, as organizações estão sobrecarregadas com suporte na borda. Os três principais desafios do gerenciamento de ROBOs em ordem de importância são Manuseio de recuperação de desastres ROBO (54%), Alto custo no fornecimento de ROBO IT (46%) e Fornecer uma equipe de TI adequada para o suporte de ROBOs (46%).

Outro dado interessante identificado é que as práticas de TI atuais de ROBO estão impactando significativamente o resultado. As empresas enfrentam perdas financeiras substanciais quando se recuperam de uma queda de energia ou quando precisam implementar novos serviços ou novas aplicações a centenas de sites – junto com o custo de equipe de TI em cada local.

A Riverbed pediu que os entrevistados classificassem o grau de impacto financeiro de desafios individuais relacionados com a gestão de ROBOs. As percentagens a seguir refletem itens classificados com impacto financeiro “extremamente ou ligeiramente alto”:  Atrasos no fornecimento de infraestrutura, aplicações e novos serviços para ROBO (45%), Atrasos na recuperação de falhas de ROBO (44%), Perda de tempo da equipe de TI para gerenciar backups de ROBO (39%).

A pesquisa também mostra que os entrevistados gostariam de outras opções para o armazenamento local de dados gerados em escritórios remotos no ROBO. Quando os dados são armazenados localmente em servidores físicos em instalações remotas ou filiais, ficam suscetíveis a riscos de segurança, tais como roubo, erro humano ou desastres naturais. Reforçando essa necessidade, três quartos (75%) dos entrevistados disseram que seria “ligeiramente a extremamente desejável” armazenar seus dados remotos no data center ou na nuvem.

A pesquisa completa pode ser acessada pelo link.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor