Ericsson foca na migração para 5G e lança Plug-ins para quinta geração

MobilidadeOperadorasRedes
0 0 Sem Comentários

A Ericsson, empresa de telecomunicações, acena ao mercado com novos Plug-ins 5G para atender a diversos casos de uso de 5G: de vídeo móvel em alta definição, ônibus sem motorista e drones habilitados para resposta tátil a acessos residenciais sem fio equivalente ao da fibra óptica.

De acordo com a Ericsson, os Plug-Ins orientados por software levam a evolução flexível do 5G para as redes existentes, ao mesmo tempo em que melhoram a banda larga móvel, as redes fixas sem fio e os serviços de Internet das Coisas (IoT) para as operadoras.

O oferecimento do serviço de 5G começará em 2020 e a empresa espera que seja mais rápida do que o 4G. O desenvolvimento do 5G é impulsionado pelos novos casos de uso, que terão impacto tanto nos consumidores quanto em diversas indústrias.

As novas aplicações e casos de uso previstos para 5G incluem carros autônomos seguros, robôs controlados remotamente, drones habilitados para resposta tátil e acesso residencial fixo sem fio com capacidade comparável à da fibra. Por isso as operadoras de celular já estão planejando hoje o futuro com o 5G.

A Ericsson já está trabalhando com mais de 20 das principais operadoras mundiais de telefonia móvel, em redes 5G e casos de uso, incluindo testes em campo de 5G. Para facilitar a rápida evolução das redes de acesso 5G e a adoção bem-sucedida de serviços 5G, é que entram em cena os Plug-ins 5G da Ericsson, que são inovações orientadas por software que levam conceitos essenciais da tecnologia 5G para as redes de celulares atuais.

Edvaldo Santos, diretor de Inovação da Ericsson na América Latina, diz que o 5G será impulsionado por novos casos de uso que exigem maior desempenho: desde carros conectados com registros perfeitos de condução, passando por realidade aumentada imersiva para cirurgias remotas até filmes em multi-K em dispositivos móveis.

Segundo ele, o 5G dará origem a novas aplicações industriais e dos consumidores, e com nossos planos de testes em campo de 5G já bem encaminhados. “Agora, estamos apresentando os Plug-ins 5G da Ericsson, que vão possibilitar às operadoras a evolução necessária de que precisam para desenvolver as redes e garantir seu futuro com 5G.”

O 5G terá impacto em toda a rede móvel e nos ecossistemas associados, de dispositivos, passando por acesso via rádio ao núcleo celular e chegando até a nuvem. Os Plug-ins 5G da Ericsson foram projetados para rede de acesso via rádio e aproveitam as inovações tecnológicas possibilitadas pelo ambiente de teste de rádio 5G da Ericsson e pelos protótipos de rádio 5G da Ericsson já implantados e em testes em campo no Japão, na Coreia do Sul, nos EUA e na Suécia. Os protótipos de rádio 5G da Ericsson já alcançaram pico de mais de 25 Gbps na taxa de transferência no downlink.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor