Eset anuncia tecnologia para recuperar arquivos sequestrados

CyberwarFirewallSegurança
0 0 Sem Comentários

A Eset, empresa de segurança da informação, acena com o lançamento de uma ferramenta que recupera arquivos infectados pelo ransomware (ataque no qual os cibercriminosos restringem o acesso dos usuários a determinados dados ou aplicações, em troca do pagamento de resgate).

A nova tecnologia é a TeslaCrypt, oferecida gratuitamente aos usuários, que consegue desbloquear, inclusive, as novas variantes do malware (v3 ou v4) com arquivos com extensões .xxx, .ttt, .micro e .mp3.

O laboratório da Eset durante meses investigou o malware TeslaCrypt, que se caracteriza por bloquear também arquivos de jogos. Em algumas ocasiões, o ransomware é propagado em conjunto com o código malicioso Locky e o trojan Nemucod.

Recentemente, os desenvolvedores do TeslaCrypt anunciaram que dariam fim às suas atividades no cibercrime, tornando pública a chave mestra universal de descriptografia dos arquivos infectados.

“A ferramenta é uma importante aliada para os usuários e a Eset se orgulha de poder disponibilizá-la gratuitamente às vítimas do TeslaCrypt. Além disso, vale reforçar que o ransomware continua a ser uma das ameaças mais perigosas do momento e sua prevenção é essencial para manter as informações dos usuários segura”, afirma Camillo Di Jorge, presidente da Eset Brasil.

Para evitar possíveis ataques de ransomware, os especialistas do laboratório Eset aconselham que os usuários sejam cuidadosos com links e arquivos recebidos por e-mail ou acessados pelo navegador web. Por isso, recomendam verificar se o remetente é de procedência conhecida.

Além disso, destacam a importância de manter o sistema operacional e software atualizados, utilizar uma solução de segurança atualizada e com múltiplas camadas de proteção, além de realizar backups regularmente de todas as informações.

A ferramenta, disponível apenas em inglês, pode ser acessada no link.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor