Online: Wal-Mart vende negócio da China

E-commercee-MarketingEmpresasNegócios

O Wal-Mart quer vender a Yihaodian, o seu negócio de comércio eletrónico chinês, ao varejista JD.com. A contrapartida da venda da Yihaodian é uma fatia de 5% no negócio da própria JD.com. Estará assim criada uma aliança estratégica para expandir o Wal-Mart naquele país asiático.

Segundo a agência Reuters, sob os termos do negócio, a JD.com vai lançar cerca de 145 milhões de novas ações classe A para o Wal-Mart, avaliadas em cerca de 1,5 bilhão de dólares considerando o atual valor de mercado da JD.com.

A ligação da Wal-Mart e Yihaodian começou com a compra de uma fatia por parte dos americanos que, em 2001, acabaram por assumir o controlo total da empresa chinesa com foco nas vendas online de géneros alimentares.

Pelo acordo, a JD.Com, o segundo maior varejista online da China, vai controlar a marca e o site da Yihaodian, enquanto o Wal-Mart continuará a operar o negócio de vendas diretas da Yihaodian e vender no marketplace da Yihaodian.

Explica ainda a Reuters, que o acordo dará ao Wal-Mart acesso ao tráfego online da JD.Com e expandirá seu alcance no mercado chinês.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor