Tecnologia Avaya aprimora processos na Soap

EmpresasNegócios
0 0 Sem Comentários

A Soap, consultoria de comunicação corporativa, precisava melhorar a experiência de comunicação dos seus 80 funcionários e otimizar o atendimento de clientes via dispositivos móveis. Para cumprir a meta, adotou a solução IP Office, da Avaya, fornecedora global de software de comunicação e colaboração.

Denis Pera, gestor de planejamento e criação da Soap e responsável pela TI, diz que em um primeiro momento, o objetivo principal da empresa era melhorar a estabilidade das ligações internas, que não atendiam mais às necessidades da empresa.

“O telefone vinha sendo um problema para nós. Era comum o registro de problemas na nossa central, que já não conseguia mais suportar a grande demanda de chamadas que tínhamos – tanto internas, como de clientes. Percebemos que era hora de avançar na adoção de uma solução que contemplasse benefícios para a nossa comunicação e permitisse uma melhor experiência no nosso atendimento”, afirma.

O IP Office, solução de colaboração que integra voz e vídeo móvel em qualquer dispositivo, possibilitou à Soap mais acesso e controle das chamadas. Com o sistema, é possível conferir se a pessoa está na mesa ou não e direcionar as chamadas em espera, contribuindo para uma tomada de decisões mais rápida.

Antes da adoção da solução, a Soap tinha entre 80% e 90% de instabilidades recorrentes na telefonia, que afetava diretamente o sistema de atendimento. Agora, de acordo com a empresa, a taxa já chegou a alcançar 100% de estabilidade na comunicação.

“Desde a implementação, não tivemos nenhum episódio que tenha prejudicado o desenvolvimento do nosso trabalho. Por sermos uma empresa que trabalha em um segmento não ligado diretamente com tecnologia, tínhamos receio de termos problemas até a adaptação do uso das soluções, mas isso não ocorreu. A transição fluiu bem para toda a equipe”, afirma Pera.

“Por sermos uma empresa de criação, temos uma equipe muito dinâmica, com grande movimentação interna. A solução adotada nos permite a rápida mudança de ramais quando há reajustes nas equipes. Conseguimos, inclusive, falar com executivos que ficam em outros países, usando um ramal interno. Isso resultou em muita economia e agilidade para nós – fora o ganho de tempo”, conclui Pera.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor