5G: Huawei conclui testes do IMT-2020 5G Promotion Group

EmpresasInovaçãoMobilidadeNegócios
0 0 Sem Comentários

A Huawei, empresa global de telecomunicações, concluiu a primeira fase de testes de campo da tecnologia 5G, definidos pelo IMT-2020 5G Promotion Group. Realizados em Chengdu, na China, os testes de macro-cells externos verificaram inúmeras tecnologias habilitadoras essenciais e uma interface aérea 5G integrada.

Lançado pela Academia de Tecnologia da Informação e Comunicação da China (CAICT), o IMT-2020 5G Promotion Group busca esforços conjuntos para promover a avaliação e testes 5G de campo da indústria e do ecossistema móvel, procurando garantir a implantação comercial em 2020.

Um dos principais objetivos da iniciativa é transformar a projeção da 5G em realidade, trazendo melhores serviços de banda larga móvel, bem como a criação de novas capacidades a fim de habilitar serviços IoT e verticais – o que representa mais desafios técnicos, como atingir 10 Gbps ou uma taxa pico de 20 Gbps por usuário, 100 bilhões de conexões e 1 ms de latência da rede fim a fim para a interface aérea 5G.

No começo deste ano, o IMT-2020 5G Promotion Group anunciou um plano de testes 5G de três fases entre 2016 e 2018, com a primeira fase do teste entre setembro de 2015 e setembro de 2016. Esta etapa é focada na verificação das principais tecnologias de rádio e de desempenho.

Como uma das principais participantes da iniciativa, a Huawei contribuiu ativamente com o IMT-2020 5G Promotion Group e com o teste da tecnologia. Além disso, a empresa participou de uma ampla colaboração com CAICT, China Mobile, China Unicom e China Telecom para explorar as tecnologias de interface aérea 5G a fim de atingir a melhor eficiência espectral e massivas capacidades de links.

Os esforços da Huawei estão focados na nova tecnologia de rádio (NR), que inclui full-duplex e tecnologias MIMO, tecnologias habilitadoras para atingir uma experiência superior para o usuário final com os serviços como 4K, 8K, realidade virtual e realidade aumentada.

“O teste será uma grande contribuição para os aplicativos 5G do futuro. Como membro do IMT-2020 5G Promotion Group, a Huawei está feliz em trabalhar com CAICT, China Mobile, China Unicom e a China Telecom, fazendo com que a iniciativa seja a primeira a testar as principais tecnologias 5G e a integração do sistema com base na nossa proposta de interface aérea 5G”, disse Wen Tong, cientista chefe da Huawei para a 5G.

Tong também anunciou os planos da segunda fase do teste 5G, que focará principalmente na ampla cobertura, alta capacidade para hotspot e conexões massivas com alta confiabilidade e baixa latência, com consumo de energia reduzido.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor