Dassault Systèmes compra CST por 220 milhões de euros

EmpresasNegócios
0 0 Sem Comentários

A Dassault Systèmes, empresa global de software de projetos 3D e PLM, anuncia acordo definitivo de compra da Computer Simulation Technology AG (CST), especializada em tecnologia de simulações eletromagnéticas e eletrônicas, por cerca de 220 milhões de euros.

Com a aquisição da CST, localizada próxima a Frankfurt, na Alemanha, a Dassault Systèmes complementa a suíte de simulações realísticas presente na 3Dexperience Industry Solutions Experience com vasto espectro de simulações EM.

Segundo a empresa, o software CST Studio Suite da CST é usado por engenheiros e analistas CAE em mais de 2 mil companhias nas verticais eletroeletrônica, transporte e mobilidade, aeronáutica e defesa, e indústrias de energia para avaliar todos os tipos de efeitos EM durante cada etapa do processo de desenvolvimento de sistemas eletrônicos.

“O eletromagnetismo é parte essencial da estratégia de simulação multifísica para o desenvolvimento de produtos inteligentes e conectados e de dispositivos IoT – do projeto complexo, passando pela garantia da performance, confiabilidade e segurança das interações do produto com o ambiente que o rodeia”, afirma Bernard Charlès, vice-presidente e CEO da Dassault Systèmes

“A plataforma 3DExperience é a base ideal sobre a qual podemos seguir com o nosso objetivo de combinar as nossas tecnologias para estabelecer o padrão da indústria para a realização de simulação realista e que melhor atenda às necessidades de nossos clientes”, diz Bernhard Wagner, um dos diretores da CST

Além de manter a continuidade dos serviços aos clientes da CST, a Dassault Systèmes integrará as soluções da CST ao seu portfólio já existente Industry Solutions Experience de simulação estrutural, sistemas de multicorpos, transferência de calor e fluídos.

O valor da compra da CST será pago em dinheiro. A conclusão da transação está sujeita às condições habituais, incluindo aprovações antitruste na Alemanha e na Áustria. A transação será imediatamente incluída nos lucros da Dassault Systèmes. O negócio deve ser concluído no quarto trimestre de 2016.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor