Já é possível guardar vídeos e fotos no Snapchat

e-MarketingRedes Sociais

A rede social de mensagens Snapchat adicionou finalmente um botão que vai permitir aos usuários guardarem as suas fotos e vídeos. É uma viragem para o aplicativo, que se tornou popular pelo envio de mensagens que se auto-destroem em 24 horas.

A novidade chama-se “Memories” e foi apresentada no blogue do Snapchat. Os usuários poderão encontrar o botão “guardar” no canto inferior esquerdo na próxima versão do aplicativo. Basta deslizar o dedo para cima na câmara para abrir esta secção.

Nessa nova área estarão guardados “snaps” e “histórias” que podem ser pesquisadas por palavras-chave, tais como “cão” ou “Hawaii.”

“Pode usar as memórias para criar novas histórias a partir de snaps que tirou no passado, ou mesmo combinar histórias diferentes para uma narrativa mais longa”, explica a empresa na publicação.

A rede também criou uma nova forma de enviar snaps a partir da secção Memories aos amigos ou publicar nas histórias – terão uma moldura para que toda a gente perceba que é um snap do passado.

A funcionalidade começa a chegar de forma gradual dentro de um mês, sendo que os usuários vão receber uma mensagem da equipa do Snapchat a avisar que já está disponível para si.

“Percebemos que os Snapchatters querem sentir-se confortáveis com a partilha de memórias com os amigos, por isso facilitámos a transferência de Snaps e Histórias para ‘My Eyes Only’ — evitando que amigos tropecem em snaps privados.”

O app também avisa que não vai manter backups de fotos ou vídeos da câmara do smartphone, a não ser que o usuário use um snap para fazer uma história ou o adicione a My Eyes Only.

Com uma avaliação de 18 bilhões de dólares, o Snapchat é cada vez mais um concorrente do Facebook. A comScore diz que 40% dos usuários têm entre 25 e 34 anos nos Estados Unidos, o seu maior mercado, e que 14% já têm mais de 35 anos. A Bloomberg noticiou em maio que a rede já tem 150 milhões de usuários diários, o que coloca o Snapchat à frente do Twitter (140 milhões).

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor