Stefanini quer ampliar atuação na China em 5 vezes até 2020

EmpresasFinançasNegócios
0 0 Sem Comentários

A Stefanini, provedora global de soluções de negócios baseadas em tecnologia, já tem planos de investir pesado na China para aumentar sua oferta e ampliar seu tamanho no país em cinco vezes nos próximos quatro anos. A empresa já mantém uma unidade em operação na China desde 2011 e não descarta a possibilidade de fazer uma aquisição para atingir sua meta de crescimento.

De acordo com a Stefanini, o investimento será destinado a reforçar o portfólio de ofertas da companhia, especialmente na área de Business Process Outsourcing (BPO) e soluções para a indústria automobilística. Ela também tem o objetivo de oferecer suporte a organizações globais e a um grande número de clientes atuais que possuem operações na China, com foco nos idiomas mandarim, inglês, japonês, coreano e cantonês.

“Temos um plano de crescimento bastante ambicioso para a China, e a nossa estratégia inclui a possibilidade de realizar uma aquisição e aproveitar oportunidades de parceria”, afirma Marco Stefanini, CEO da Stefanini.

A Stefanini também está de olho no mercado Chinês de Fabricação da Indústria 4.0. No ano passado, a empresa deu um passo muito importante nessa direção com a aquisição da IHM no Brasil. A companhia é especializada na gestão de projetos industriais multidisciplinares em diversos segmentos por meio das mais recentes tecnologias, tais como mobilidade, dispositivos inteligentes e tecnologias de vestir, aplicativos de máquinas inteligentes, big data, Internet das Coisas e gestão do conhecimento.

“As empresas chinesas terão de encontrar novas maneiras para manter a liderança da China no setor de automação. Alinhando-se com as novas tendências do mercado e as necessidades da Indústria 4.0, a Stefanini é capaz de empregar serviços de TI para aumentar o nível de eficiência e inovação neste mercado”, ressalta o executivo.

Na China, a Stefanini alavanca suas ofertas por meio de três centros de distribuição em Jilin, Dalian e Guangzhou. De acordo com Linyuan Gan, diretor de desenvolvimento de negócios responsável pela operação da Stefanini na China, a empresa possui presença global, processos maduros e uma plataforma capaz de reforçar sua presença no mercado chinês.

Presente em 39 países com mais de 50 clientes globais, a Stefanini tem a capacidade de oferecer um modelo de entrega global para realizar a venda cruzada de suas ofertas entre diferentes regiões e clientes. “Nossa base global de clientes é boa para realizar vendas cruzadas, e a China pode aproveitar com facilidade nossa capacidade de entrega global em outros países”, afirma Linyuan.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor