TIM tem nova sede no Rio de Janeiro com conceito Flex Office

EmpresasFinançasMobilidadeNegóciosOperadorasRedes

A operadora de telefonia TIM está com novo endereço no Rio de Janeiro. A empresa concluiu a mudança de sua sede para o edifício corporativo CEO Office, na Barra da Tijuca. Além do novo endereço, a companhia passa a adotar também uma nova cultura de trabalho e de integração baseada no conceito Flex Office, em linha com a assinatura da marca: “Evoluir é fazer diferente”.

De acordo com a operadora, o espaço físico, mais moderno e conectado, foi concebido sem divisões e com poucos lugares fixos, buscando estimular ainda mais a inovação, criatividade e comunicação entre os colaboradores.

“A TIM já oferece mobilidade e conectividade aos seus clientes em todo o Brasil. Como replicar esses pilares, tão importantes em nossa estratégia de negócios, também em nosso ambiente corporativo, beneficiando nossos colaboradores e promovendo entre eles a cultura do ‘fazer diferente’? ”, diz Flávio Morelli, diretor de Recursos Humanos da TIM Brasil.

Ele acrescenta que essa provocação levou a empresa a repensar o espaço e a estruturar o próprio programa de Flex Office, oferecendo mais qualidade de vida e condições para a inovação e entrega de resultados. “Queremos ampliar a percepção de valor do que é trabalhar na TIM e protagonizar esse movimento em nosso setor”, destaca.

Programa Flex Office da TIM

Inicialmente aberto aos funcionários da sede no Rio de Janeiro, o programa de Flex Office da TIM prevê que o funcionário pode trabalhar de qualquer local, estabelecendo um horário flexível até dois dias por semana.

Em apenas 15 dias após o lançamento, quase 60% dos 1.908 colaboradores elegíveis se inscreveram para adotar o modelo de trabalho. Para desenvolvê-lo, há três anos a empresa vem realizando estudos de mercado e concluiu, com sucesso, um projeto piloto em 2015 envolvendo mais de 50 colaboradores. Cerca de 40% dos participantes registraram melhoria na entrega de resultados e 93% apontaram uma maior percepção de qualidade de vida e bem-estar.

Segundo o Morelli, em breve, o programa será estendido para as demais unidades da companhia. Para apoiar o novo modelo de trabalho, todos os funcionários da empresa tiveram seus desktops trocados por notebooks. Além disso, a área de TI da TIM realizou todas as adaptações necessárias para que os programas internos possam ser acessados em outros ambientes. Está sendo incentivado ainda o uso de ferramentas de comunicação alternativas para apoiar o trabalho remoto, como o WhatsApp, Jabber (telefone virtual) e WebEx (reunião online, web conferência e aplicações de vídeo conferência).

Escritório Open Sapace

Outra novidade da nova sede da TIM é que 90% dos colaboradores terão posições flexíveis, dentro da proposta de escritório open space. O funcionário pode escolher seu local de trabalho de acordo com o escopo de atividades e necessidade de interação daquele dia, facilitando as discussões e o trabalho multidisciplinar.

Para isso, foi implementado o conceito de “mesa limpa”: todos os pertences – incluindo computador e demais acessórios – devem ser guardados pelos colaboradores em lockers com senha espalhados pelos andares. São 12 pavimentos na Torre Sul e mais um pavimento na Torre Norte, com uma área aproximada de 1.590 metros quadrados por andar.

O escritório também foi pensado para estimular o bem-estar e troca entre as pessoas. Os mais de dois mil funcionários podem usufruir de uma área de alimentação com todas as facilidades, além de uma área de convivência com jogos, TV, vestiário e um lactário 100% preparado para receber as mães que amamentam e precisam retirar leite materno na companhia.

Nos pavimentos de trabalho, há espaços colaborativos como cabines telefônicas, sofás, pufes e salas de reunião de tamanhos variados, facilitando a interação entre áreas e a formação de grupos de trabalho para a organização de ideias e projetos. Cada andar tem em média 60 posições colaborativas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor