Avast atualiza app que protege dispositivos móveis perdidos ou roubados

AppsCyberwarFirewallGestãoLaptopsMobilidadeSegurançaSmartphonesTabletsVírus

A Avast Software, empresa de segurança da informação, anuncia uma versão atualizada e totalmente gratuita do seu aplicativo (app) Avast Anti-Theft. Ele ajuda os usuários a localizar e a recuperar dispositivos móveis perdidos ou roubados.

De acordo com a companhia, agora o app oferece todas as funcionalidades premium grátis e permite aos usuários localizar, bloquear, limpar e até mesmo fazer soar um alarme em seus telefones, usando para isso qualquer dispositivo móvel ou desktop.

Como funciona

A Avast explica que se um telefone for perdido ou roubado, o usuário pode simplesmente enviar um comando SMS diretamente para o seu telefone ou baixar o aplicativo Avast Anti-Theft gratuito em qualquer outro dispositivo Android para enviar um comando remoto ao seu telefone. Este comando, que também pode ser enviado a partir da web, pela conta Avast do usuário, dá a ele o controle total da ampla gama de recursos do Avast Anti-Theft.

Todos os recursos antes disponíveis somente para usuários premium do aplicativo estão agora incorporados na versão gratuita. Isso inclui o recurso Theftie – a capacidade de tirar remotamente uma foto do ladrão que tenta roubar um dispositivo do usuário – e o recurso de gravação de som, que permite ao usuário gravar o áudio do ambiente em que está o ladrão, para capturar potenciais pistas sobre o paradeiro ou a localização do culpado. Ambas as características podem fornecer informações importantes para ajudar a encontrar um dispositivo perdido ou roubado e devolvê-lo ao seu legítimo proprietário.

“Sabemos que milhões de smartphones são perdidos ou roubados a cada ano, e com eles estão grandes quantidades de dados pessoais importantes”, diz Gagan Singh, presidente de mobile da Avast.

Ele acrescenta que com o Avast Anti-Theft, os usuários têm a capacidade de não só acompanhar o paradeiro de seu dispositivo, mas também limpá-lo completamente, removendo todos os dados, no caso de o dispositivo não ser recuperável.

“Com a quantidade de informações de valor inestimável em nossos dispositivos, desde fotos até vídeos e mesmo informações bancárias, os usuários devem ter uma forma de apagar esse conteúdo se seus telefones são perdidos ou caem em mãos errada”, destaca o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor