Facebook adiciona novos recursos ao Slideshow

e-MarketingRedes Sociais

Em outubro do ano passado, o Facebook lançou o Slideshow, um anúncio de vídeo leve, a partir de uma série de imagens fixas, criadas para que os anunciantes utilizem anúncios estilo vídeo em zonas com conexões de internet mais lentas.

Agora, a rede social anuncia novos recursos para esse formato, voltado para marcas em países emergentes e em crescimento. O formato de anúncio também pode ser usado por pequenas empresas que não têm recursos para criar vídeos. As atualizações do Slideshow estão já disponíveis em nível global.

A ideia é que as marcas utilizem estas atualizações para aumentar o poder de seus anúncios em vídeo do Facebook, criando anúncios atrativos, rápidos e  fáceis de criar.

Estas são algumas das novas funcionalidades:

• Adicionar texto e música: Os anunciantes podem selecionar fontes de texto, templates e cores para criar uma experiência visual mais rica. Podem também selecionar um conjunto de faixas áudio que refletem diferentes temas e em breve poderão baixar suas próprias faixas áudio.

• Criar um slideshow em mobile: Os anunciantes podem agora criar slideshows “em movimento”, a partir de seus dispositivos móveis Android.

• Utilizar elementos da biblioteca de imagens do Facebook: O slideshow está agora integrado com a base de dados de imagens do Facebook, para que os anunciantes possam escolher entre milhares de fotos, reutilizar fotos da sua Pages Photo Library ou carregar novas imagens.

• Disponibilizar vídeos independentemente da velocidade de ligação: Os anunciantes podem transformar vídeos em slideshows ao carregá-los na ferramenta, que automaticamente seleciona 10 imagens usadas para a criação de um anúncio. Isso pode ser combinado com segmentação 2G para que, de uma forma simples e efetiva, se entreguem vídeos criativos a usuários com conexão de banda mais lenta.

No anúncio das novas funcionalidades, o Facebook deu o exemplo da Stance, uma empresa de meias que não queria gastar muito tempo nem dinheiro em uma nova produção para publicidade. A marca recorreu então a imagens já existentes no seu catálogo online e criou anúncios em slideshow. Utilizaram diferentes variações para diferentes audiências.

Quando compararam os novos slideshows a anúncios com links para fotografias, perceberam que o custo por aquisição diminuiu 48%, a taxa de CRT (click-through rate) aumentou 2.42 vezes. O retorno em custo publicitário cresceu cerca de 1.48 vezes.

“A Stance utilizou o slideshow no Facebook e no Instagram para efetivamente aumentar as vendas. A campanha foi uma verdadeira parceria entre a arte e a ciência da nossa marca”, afirma Brett Siriani, diretor de social media da Stance.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor