NEC quebra recorde de eficiência espectral em transmissão transoceânica

CiênciaInovaçãoRedes

A japonesa NEC, especializada na integração de tecnologias de informação e de rede, conseguiu velocidade de transmissão de 34.9 terabits por segundo (Tbit/s) sobre uma única fibra ótica, a uma distância superior a 6.300 km.

A demonstração conseguiu uma eficiência espectral recorde para a transmissão transoceânica de 8.3 bits/s/Hz utilizando o espectro de banda C. Isto supera em 16.9% o recorde anterior, que era de 7.1 bits/s/Hz.

Os resultados foram apresentados durante a Optical Fiber Communication Conference and Exhibition (OFC) 2016 em Anaheim, na Califórnia, e ficaram muito próximos do limite de Shannon, o limite fundamental da eficiência espectral em comunicações óticas.

A maximização da eficiência espectral é um dos principais fatores a se ter em conta na concepção de redes de cabos submarinos, de forma a atingir a maior capacidade de transmissão possível em cada par de fibras, reduzindo simultaneamente o custo, a dimensão e o consumo de energia do equipamento terminal. De acordo com a empresa, a demonstração da tecnologia da NEC ficou a menos de 0.5 decibéis (dB) do valor máximo teórico.

“Estamos orgulhosos por ter chegado tão próximo do limite de Shannon da teoria da comunicação”, afirmou em comunicado Toru Kawauchi, General Manager of the Submarine Network Division da NEC Corporation. “As equipes de investigação e desenvolvimento da NEC vão continuar a explorar os limites da capacidade, flexibilidade e otimização de custos das comunicações submarinas”, acrescentou.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor