Rimini Street amplia investimentos na América Latina

EmpresasGestãoNegóciosResultados
0 0 Sem Comentários

A Rimini Street, empresa global de serviços de suporte a softwares empresariais, anuncia investimentos na América Latina impulsionados pela demanda crescente por suporte premium de software ERP da Rimini Street para licenças Oracle e SAP.

De acordo com a Rimini, a companhia aumentou o total de clientes na região em 189% no segundo trimestre até 30 de junho de 2016 em relação ao ano anterior e fez diversas contratações estratégicas na América Latina com o objetivo de suprir a necessidade desse mercado em rápida expansão.

O modelo de suporte de ponta da companhia é uma solução apropriada para empresas interessadas em crescer, expandir e inovar seus negócios na região, apesar do difícil momento econômico atual.

A Rimini Street também anuncia um aumento de 57% na receita de suporte para os sistemas Oracle e SAP na América Latina no segundo trimestre até 30 de junho de 2016 em relação a 2015. Atualmente, a companhia oferece suporte a mais de cem clientes globais com operações na América Latina, incluindo empresas brasileiras como Atento, Embraer, GRSA, Grupo Rodobens, Infoglobo, MRS Logística e Tecnisa.

Investimento local

Para atender à crescente demanda na região, a Rimini Street aumentou seu investimento local com a contratação de diversos executivos seniores e colaboradores locais, incluindo engenheiros de suporte e de entrega altamente capacitados. Durante o período de 12 meses que terminou em 30 de junho de 2016, o quadro de funcionários da Rimini Street na região cresceu 229% se comparado ao período anterior de 12 meses.

Para o Brasil, que a empresa entende que passa por sua pior recessão em 25 anos, a proposta de valor da Rimini Street é a combinação de qualidade de soluções com redução substancial nos custos anuais de suporte. Dessa forma, atendendo a uma real necessidade econômica.

Além de ajudar os clientes a economizarem até 90% nos custos de suporte e manutenção, as empresas podem executar a versão atual do software por, no mínimo, 15 anos, evitando atualizações caras e desnecessárias de seu já estável sistema ERP.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor