Setor de TIC é vital para desenvolvimento econômico do País, diz Kassab

InovaçãoNegócios

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, afirma que o setor de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) é muito importante para o desenvolvimento do País. Em reunião ontem (3) do Conselho de Administração da Associação Brasileira de Empresas de TIC (Brasscom), em São Paulo, o ministro defendeu o fortalecimento do setor, que considera fundamental para a retomada do crescimento econômico.

“Meu objetivo é que vocês tenham a certeza de que existe e continuará existindo uma disposição nossa de um trabalho conjunto muito sólido para fortalecer o setor, em todos os aspectos, para que os resultados possam aparecer o mais rápido possível e para que o peso que já têm na economia seja crescente e gere cada vez mais emprego e receita”, disse Kassab.

Segundo ele, a avaliação que todos fazem, e não é diferente em nenhum canto do Brasil, indica a importância do setor para o desenvolvimento. “E se tem algo que o Brasil precisa contar para voltar a crescer, como qualquer país, é com eficiência. E aqui se trabalha com eficiência atrelada à inovação.”

Ministério mais eficiente e de olho na agenda digital

O secretário de Política de Informática do MCTIC, Maximiliano Martinhão, destacou a melhora da gestão provocada pela fusão dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação e das Comunicações.

“Nós nunca estivemos tão bem articulados para cuidar da agenda digital do Brasil como estamos agora”, avaliou. “Por que digo isso? Porque agora a agenda da infraestrutura de informação, que era das Comunicações, e a agenda de informática, ligada ao MCTI, estão debaixo de um único ministério. Isso permite uma articulação muito mais rápida para elaborarmos as políticas públicas necessárias para promover a inovação digital no País.”

O secretário de Telecomunicações do MCTIC, André Borges, também ressaltou a importância da fusão das duas agendas para a identificação de “oportunidades de trabalho conjunto” e superação dos desafios.

“Quem acompanha o setor sabe a importância que isso tem. Para mim, é fundamental articular no governo federal a agenda dos serviços de telecomunicações com a agenda de informática”, reforçou o presidente da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

*Com informações do MCTIC


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor