Symantec alerta para novo spyware identificado

CyberwarFirewallGestãoSegurançaVírus

Um grupo de hackers até então desconhecido, apelidado de “Strider” ou “ProjectSauron” promoveu ataques de ciberespionagem contra alvos selecionados de Rússia, China, Irã, Suécia, Bélgica e Ruanda, disseram pesquisadores.

O grupo, que tem sido ativo pelo menos desde 2011 e pode estar conectado à agência de inteligência nacional usa o Remsec, uma parte avançada de um malware escondido, disseram pesquisadores da Symantec, em mensagem em um blog.

O spyware Remsec fica na rede de uma organização, o que dá aos invasores o controle completo das máquinas infectadas, disseram pesquisadores. Ele permite o registro de tudo o que é digitado e o roubo de arquivos e outros dados.

Os recém-descobertos alvos do grupo incluem quatro organizações e indivíduos localizados na Rússia, uma companhia aérea na China, uma organização na Suécia e uma embaixada na Bélgica, disse a Symantec.

*Com reportagem de Eric Auchard, da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor