Wal-Mart compra Jet.com e acirra disputa com Amazon. Negócio de US$ 3 bi

E-commercee-MarketingEmpresasFinançasNegócios

O Wal-Mart anuncia que vai comprar a varejista online Jet.com por cerca de US$ 3 bilhões. É o maior negócio envolvendo uma empresa startup de comércio eletrônico, em um impulso para reviver seu negócio Web e competir com a Amazon.com.

O Wal-Mart gastou bilhões para fortalecer seu negócio de comércio eletrônico nos últimos anos. O esforço incluiu oferecer transporte pela metade do preço do programa de transporte Prime da Amazon, abrindo centros de distribuição em massa de comércio eletrônico e contratando milhares de empregados.

Mas a divisão online do Wal-Mart tem decepcionado, postando o menor crescimento em um ano no primeiro trimestre. O Wal-Mart disse que vai pagar cerca de US$ 3 bilhões em dinheiro pela Jet, parte disso ao longo do tempo, além de um adicional de US$ 300 milhões em ações.

No primeiro trimestre, as vendas online do Wal-Mart cresceram 7%, abaixo dos períodos anteriores. Em 2015, as vendas online do Wal-Mart subiram 12,3% para US$ 13,7 bilhões, menos do que os 16% da Amazon.com para US$ 92,4 bilhões.

*Com reportagem de Nandita Bose, da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor