Allo, do Google, é menos seguro que o WhatsApp, diz Snowden

e-MarketingEspionagemRedes SociaisRegulaçãoSegurança
0 0 Sem Comentários

Ex-agente da SNA descreve o Allo como uma junção do Google Mail, Google Maps e Google Surveillance (vigilância) e é enfático: “Não use o Allo”.

O novo aplicativo de mensagens do Google, o Allo, que se integra com a assistente virtual baseada em inteligência artificial Google Assistent é uma ameaça à privacidade dos usuários, alega o ex-agente da agência de segurança norte-americana Edward Snowden. Em sua conta no Twitter, Snowden alerta que Allo, “por padrão, é menos seguro que o WhatsApp, o que o torna perigoso para não-especialistas”.

Snowden Twitter

Snowden é enfático: “Liberado para download hoje: Google Mail, Google Maps e Google Surveillance (vigilância). Isso é o Allo. Não use o Allo”. Ele recomenda, em seu lugar, o uso dos aplicativos Tor e Signal. “O que é Allo? Um app do Google que registra toda mensagem que você mandar e a torna disponível quanto houver um pedido da polícia”, complementa.

A grande questão é que, para fazer perguntas em linguagem natural ao assistente durante uma conversa no app de mensagem e obter respostas que facilitam a vida das pessoas, como por exemplo trazer diretamente para a janela da conversa informações sobre data, horário e preço dos ingressos para um show, sem que seja preciso sair do chat, o Allo coleta todos os dados da conversa e de seu usuário. Obviamente, quanto maior a quantidade e a qualidade das informações coletadas, mais eficiente se torna o assistente. O problema? Essas informações são armazenadas sem criptografia, ao contrário do que acontece hoje com o WhatsApp e com o iMessage (da Apple), expondo assim todas as informações do usuário no caso de interceptações de órgãos de vigilância do governo e a ordens judiciais para quebra de sigilo, por exemplo.

A criptografia das mensagens do WhatsApp, vale lembrar, tornou inviável o cumprimento de ordens de quebra de sigilo de mensagens do aplicativo em investigações criminais autorizadas pela Justiça brasileira, o que levou inclusive à prisão de executivos do Facebook no Brasil e o bloqueio do app aqui no país em quatro ocasiões desde o ano passado.

Há uma opção nas configurações do Allo para impedir a coleta de dados, usando como “anônimo”, mas isso impede o uso do Google Assistent, o seu diferencial em relação a outros apps de mensagem.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor