Fundação Telefônica Vivo promove evento sobre comportamento do jovem e cultura digital

InovaçãoProjetos
0 0 Sem Comentários

A 4º edição do Circuito Reflexão, Interação e Ação (R.I.A.), evento realizado pela Fundação Telefônica Vivo, vai realizar-se amanhã (dia 21) e possui o tema “Como empatia e protagonismo podem gerar mudanças sociais”. O evento, destinado a jovens de 15 a 29 anos, tem como objetivo explorar o poder da empatia como recurso para resolução de conflitos e como eles podem ser protagonistas da geração.

O R.I.A. vai contar com a presença de Egard Gouveia, cofundador do Elos e criador dos games Oasis e Play The Call; Monique Evelle, fundadora do projeto Desabafo Social; Dale Stephens, fundador do UnCollege.org, entre outros que vão falar sobre a empatia como recurso para resolução de conflitos, o respeito a visões de mundo diferentes, além de linguagem de programação e projetos de empreendedorismo social. A programação completa poderá ser acessada aqui.

“Ao reunir jovens que utilizam a tecnologia para dar voz a suas ideias com especialistas, comunicólogos, acadêmicos, empreendedores, makers e psicólogos queremos inspirar o protagonismo jovem voltado à transformação social”, afirma o diretor-presidente da Fundação Telefônica Vivo, Americo Mattar.

O evento será realizado no Espaço Catavento Cultural, em São Paulo, e será transmitido ao vivo por streaming na página da fundação.

Durante o evento, serão, ainda, divulgados os resultados da segunda edição da pesquisa “Juventude Conectada” que mostra o perfil dos jovens na internet em quatro áreas fundamentais: comportamento, educação, empreendedorismo e ativismo.

A pesquisa Juventude Conectada foi realizada em parceria com o Ibope Inteligência e Instituto Paulo Montenegro e com base em 1.440 jovens entre 15 e 29 anos de todas as regiões e classes sociais. A mostra foi dividida em três categorias que levam em consideração o nível de conectividade – explorador inicial, intermediário e avançado.  Eles respondem a um amplo questionário investigativo sobre como utilizam a internet, a partir de quais dispositivos, com quais objetivos e como formam ou não vínculos na rede.

A partir de 21 de setembro, a pesquisa estará disponível para download neste link.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor