Fusão histórica Dell e EMC em 7 de setembro

EmpresasNegócios

A Dell e a EMC anunciaram que pretendem fechar a transação da fusão das duas empresas na quarta-feira, 7 de setembro de 2016, dando origem à Dell Technologies.

O anúncio acontece após a aprovação regulatória da transação Dell e EMC pelo Ministério do Comércio da China (MOFCOM), sem a qual a fusão não era viável. Os acionistas da EMC vão receber US$ 24,05 por ação em dinheiro, além de um novo tracking stock numa porção do interesse econômico da EMC no negócio VMware.

“Este é um momento histórico tanto para a Dell quanto para a EMC. Juntos, vamos estar excepcionalmente bem posicionados para o crescimento nas áreas mais estratégicas da próxima geração de TI, incluindo transformação digital, datacenter definido por software, infraestrutura convergente, cloud híbrida, mobile e segurança”, afirmou em comunicado Michael Dell, presidente e CEO da Dell Technologies. “Os nossos investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), juntamente com os nossos 140 mil membros da equipe em todo o mundo, nos darão uma incomparável escala, força e flexibilidade, aprofundando os nossos relacionamentos com os clientes de todas as dimensões.”

“Estou orgulhoso de tudo o que nós construímos na EMC – de um humilde começo como uma startup sediada em Boston a uma empresa global de tecnologia de classe mundial com uma dedicação inflexível para com os nossos clientes”, disse Joe Tucci, presidente e diretor executivo da EMC. “A combinação da Dell e da EMC cria uma nova potência na indústria – fornecendo a tecnologia essencial para a próxima era em TI.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor