Huawei quer liderar transformação digital com fortes alianças

4GAppsCloudEmpresasGestãoMobilidadeNegóciosOperadorasRedes

A Huawei aproveitou seu evento Huawei Connect 2016, em Shangai, na China, entre 31 de agosto e dois de setembro, para apresentar novas soluções em parceria com a Accenture e a Schindler juntamente. Esses anúncios fazem parte da estratégia da Huawei de expandir seus horizontes juntamente com parceiros de tecnologia e de negócios.

A gigante chinesa de telecomunicações, portanto, hoje trabalha em conjunto com parceiros para desenvolver soluções inovadoras de TIC. O objetivo é ajudar clientes globais a conduzir a transformação digital e, garante: liderar essa tendência.

“O surgimento e o amadurecimento de tecnologias digitais está mexendo com muitas indústrias em todo o mundo. Empresas que abraçam esta perturbação e adotam novas tecnologias da informação e comunicação ganharão vantagem competitiva decisiva”, Yan Lida, presidente da Huawei Empresa BG.

Segundo ele, a indústria da nuvem é uma transformação digital orientada para os negócios e está além da simples combinação de nuvem e indústria.  As empresas digitalizadas do futuro focarão na produção, transmissão e análise de dados. Para isso, vão necessitar de uma infraestrutura de TIC e uma plataforma aberta, flexível, ágil e segura para criar aplicativos ricos e inovadores.

“A Huawei tem estado centrada no cliente, permitindo que alcancem o sucesso do negócio. Juntamente com mais de 400 parceiros globais como a Accenture, a SAP, a General Electric (GE), a T-Systems, Hexágono, Honeywell, Infosys, Siemens e Alston, pode fornecer tecnologias de TIC e plataformas que integram cloud-pipe-device”, Diana Yuan, presidente de Marketing e Soluções de vendas da Huawei Enterprise BG. Ela acrescenta que com as novas soluções, os clientes da Huawei poderão explorar novos modelos de negócios e aumentar a agilidade e a eficiência de suas operações.

Reforço na transformação digital

“As empresas de tecnologia do futuro serão aquelas que colocarão os clientes em primeiro lugar, possibilitando a eles transformar seus negócios”, diz Nigel Fenwick, vice-presidente e analista principal do instituto global de pesquisa Forrester, com base no seu estudo “Liderança Empresarial e Tecnologia no Pós-Era Digital”.

O executivo destaca que os ecossistemas empresariais digitais serão os condutores de novos modelos de lucro. “As empresas terão de tornar os seus serviços mais ágeis com APIs abertas, inovação contínua e plataformas em nuvem”, alerta o analista, para quem as empresas terão de construir plataformas abertas para cloudification de suas operações de negócios.

Para a Huawei, nuvem é o futuro, juntamente com ecossistemas empresariais, que facilitarão a cloudification. Para tornar realidade esse desenho, a empresa está e estará apoiada em fortes alianças. O seu parceiro estratégico mundial, a Accenture, uniram esforços na construção de soluções empresariais em nuvem.

Eles vão oferecer em conjunto soluções de nuvem da Oracle, baseadas na solução Huawei FusionCloud para aplicações empresariais de clientes globais.  Nos últimos dois anos, especialistas da Huawei e Accenture têm trabalhado lado a lado para desenvolver soluções de cloud computing da empresa para ajudar os clientes a reduzir o grande investimento de capital em TI e atender aos requisitos de um sistema, de fato, flexível e escalável.

A Huawei promete cooperar extensivamente com parceiros-chave de todo o mundo para solidificar um ecossistema de peso e trabalhar em estreita colaboração com seus clientes para conduzir uma transformação digital capaz de atender às necessidades específicas da indústria.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor