Rimini Street tem novos SLAs para serviços premium

Software
0 11 Sem Comentários

Agora os SLA são mais responsivos, com tempo garantido de resposta dos engenheiros de 15 minutos ou menos para casos críticos de Prioridade 1 (P1) e de 30 minutos ou menos para casos urgentes de Prioridade 2 (P2).

A fornecedora de serviços de suporte a softwares empresariais Rimini Street anunciou nesta quinta, dia 1o, a implementação de novos acordos de nível de serviço (SLAs) para serviços premium. Agora os SLA são mais responsivos, com tempo garantido de resposta dos engenheiros de 15 minutos ou menos para casos críticos de Prioridade 1 (P1) e de 30 minutos ou menos para casos urgentes de Prioridade 2 (P2). Até então, os casos críticos P1 tinham SLA de 30 minutos, padrão estabelecido no setor pela Rimini ainda em 2005, quando foi fundada. Os novos níveis de serviço valem tanto para novos clientes quanto para os clientes da carteira da empresa, que terão seus SLAs atualizados automaticamente.

A Rimini Street nasceu com o conceito de prestação de suporte 24 x 7 a softwares empresariais como SAP, Siebel, PeopleSoft, JD Edwards e Oracle em modelo de serviço ultrarresponsivo a um custo 50% mais barato que o suporte anual padrão da Oracle e da SAP.

Cada cliente tem seu próprio engenheiro de suporte primário, um profissional com média de 15 anos de experiência e a Rimini presta suporte a operações globais de clientes em mais de 90 países. A estimativa da empresa é de que seu programa permite aos licenciados Oracle e SAP economizar até 90% dos custos totais de suporte e manutenção, uma vez que conseguem manter suas versões atuais de software, sem necessidade de atualização ou migração por, no mínimo, 15 anos.

“Oferecer um serviço excelente e hiper-responsivo ao cliente é a nossa paixão e prioridade, e o nosso departamento GSD está comprometido com uma execução com máxima precisão, o que torna esse compromisso possível,” disse “Permitimos que os nossos clientes se foquem em mais iniciativas estratégicas ao lidar com um escopo muito maior de necessidades de manutenção de software empresarial com compromissos de nível de serviço sem comparação e entrega hiper-responsiva”, disse em nota Brian Slepko, Vice-Presidente Sênior de Global Service Delivery da Rimini Street.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor