Salesforce lança solução de telessaúde para Health Cloud

CloudCRMe-Marketing

A Salesforce, especialista em soluções de gestão de relacionamento com clientes (CRM), acaba de lançar uma ferramenta de telessaúde para o Salesforce Health Cloud, com habilitação de chat em vídeo para que os pacientes se conectem via dispositivo móvel com suas equipes de atendimento médico.

O chat em vídeo no Health Cloud, integrado ao Salesforce SOS, permitirá aos profissionais de saúde oferecerem um atendimento médico mais prático e personalizado. A ideia é aumentar a satisfação geral do paciente.

O Health Cloud foi lançado no início deste ano e é uma solução de gestão de relacionamento com pacientes, que fornece uma visão abrangente com gestão inteligente e engajamento conectado. O que a Salesforce está lançando agora irá ampliar essas capacidades. A solução de telessaúde permitirá que os prestadores se conectem diretamente com os pacientes por meio de chats em vídeo bidirecional e compartilhem suas telas em dispositivos móveis iOS ou Android.

A empresa pretende que pacientes e profissionais possam discutir assuntos gerais de saúde, como dicas preventivas, monitoramento de doenças crônicas, marcação de consultas e atendimento pós-alta, usando a câmera do smartphone, tablet ou computador. Os pacientes só precisam clicar em um botão no aplicativo móvel do Health Cloud para se conectarem a seus prestadores de assistência médica em tempo real.

“As soluções integradas de atendimento ao paciente representam o futuro da tecnologia da saúde, e uma grande oportunidade para que o setor se transforme digitalmente e crie uma relação mais forte entre pacientes, prestadores de serviços e profissionais de saúde”, afirma Robert Van Tuyl, diretor de inovação da Easter Seals Bay Area, cliente do Salesforce Health Cloud. “Junto com a Salesforce, queremos liderar a criação de melhores maneiras de prestar serviços em saúde, e estamos entusiasmados por fazer parte desta próxima onda de inovação da assistência médica”, complementa.

Quando as equipes de atendimento se conectam com pacientes por meio do chat em vídeo bidirecional, o Health Cloud puxa automaticamente o perfil e o histórico médico do paciente, incluindo casos, registros e dados da família, para que os provedores de assistência médica possam fornecer um suporte personalizado e contextualizado. A Salesforce afirma que a utilização de tal solução de telessaúde aumenta a qualidade do atendimento, economiza o tempo das equipes médicas e diminui custos de consultas ou atendimentos em pronto-socorro.

“Os consumidores de hoje querem se conectar com seus prestadores de serviços de saúde como fazem com membros de sua família. E as empresas que puderem fornecer a melhor plataforma para o engajamento nos dispositivos que os pacientes já utilizam em seu dia a dia terão sucesso neste mundo altamente conectado”, diz o Dr. Joshua Newman, gerente geral de Healthcare e Life Sciences na Salesforce. “Ao levar o vídeo bidirecional ao Health Cloud, podemos tanto ajudar os pacientes a se engajarem, como habilitar os provedores a melhorarem os resultados a custos mais baixos”.

Segundo a Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), existem atualmente 168 milhões de smartphones em uso no Brasil. A tendência está mudando as expectativas dos consumidores em todos os setores, incluindo a maneira que desejam interagir com seus profissionais de saúde.

Recentemente, a empresa de tecnologia publicou o relatório “2016 Connected Patient Report”, no qual 62% dos entrevistados com seguro de saúde disseram estar abertos a tratamentos virtuais, como uma chamada de videoconferência, para questões não urgentes. Além disso, os prestadores de serviços de saúde estão sob enorme pressão tanto para reduzir os custos, visto que 65% dos atendimentos de emergência poderiam ser evitados, quanto para cumprir a nova Resolução Normativa da ANS que estabelece novas regras para atendimento aos clientes de planos de saúde, incluindo penalizações que podem chegar a 100 mil reais.

“Os pacientes são consumidores que utilizam cada vez mais dispositivos móveis em muitos aspectos de suas vidas. A saúde não é diferente, e as organizações e profissionais da área deveriam procurar aumentar o engajamento móvel com os pacientes”, sugere Lynne Dunbrack, vice-presidente de pesquisa da IDC Health Insights. “Incorporar o engajamento móvel em soluções de gestão de relacionamento com os pacientes é uma evolução natural que o mercado está exigindo.”


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor