Adyen e Sabre em parceria para pagamentos nas companhias aéreas

e-Marketinge-Payment
0 13 Sem Comentários

A especialista em tecnologia de pagamento Adyen anunciou uma parceria com a Sabre Airline Solutions, empresa de SAAS especializada em companhias aéreas. O acordo permitirá às companhias de aviação aceitar formas de pagamento do mundo todo e aos viajantes pagar da forma que mais confiam.

A nova extensão proporcionará às empresas clientes da Sabre, como a Aeromexico e a Alitalia, as vantagens da plataforma global de pagamentos da Adyen, como estabilidade e escalabilidade. Por meio de mais de 250 formas de pagamento em mais de 150 moedas, os passageiros escolherão pagar como lhes convier, independente de onde estiverem no mundo.

A partir de agora, as companhias aéreas integradas à Sabre terão acesso a uma solução de pagamentos que otimiza o processamento de cada transação. Entre elas, o uso de tratamento de dados para aumentar as taxas de conversão e uma ferramenta integrada de gerenciamento de risco, que mantém a fraude em níveis mínimos – resultando em faturamento maior para as empresas e consumidores mais satisfeitos.

“Essa nova parceria é uma grande vantagem para nós. Desde que começamos a trabalhar com a Adyen no México, nossas taxas de conversão aumentaram 8%”, revela Anko van der Werff, Chief Revenue Officer da Aeromexico. “Nós estamos muito satisfeitos com os resultados e temos planos de que essa parceria se estenda globalmente.”

Além disso, a solução da Adyen obedece as regras de compliance da PCI – Payment Card Industry Compliance, o que permite às companhias aéreas repassarem parte deste esforço para a Adyen.

A Adyen também vê muitas vantagens na integração com a Sabre. “Nós estamos muito contentes pois esta parceria estenderá a disponibilidade de nossa solução de pagamentos global para um número ainda maior de airlines”, indica Andy Guenthard, vice-presidente sênior de Parcerias, Viagens e Transportes da Adyen. “Trabalharemos juntos para proporcionar uma plataforma unificada por meio da qual as empresas de aviação continuarão a crescer”, finaliza.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor