IoT: Qualcomm compra NXP em um negócio de US$ 47 bilhões

EmpresasFinançasMobilidadeNegócios
0 2 Sem Comentários

Combinadas, as empresas terão uma receita de vendas anual de mais de US$ 30 bilhões. Após o fechamento do negócio, esperado para o final de 2017, a Qualcomm estima conseguir ganhos de sinergias de US$ 500 milhões por ano em dois anos. O negócio será financiado com dinheiro em caixa e com a emissão de US$ 11 bilhões em novas dívidas.

De olho na ampliação de sua fatia no mercado de Internet das Coisas (IoT) e de carros conectados, a Qualcomm anunciou nesta quinta, 27, a compra da holandesa NXP Semiconductor por US$ 47 bilhões.

Pelos termos do acordo, a Qualcomm pagará US$ 110 em dinheiro por ação da NXP, que tem semicondutores de alta performance penetração nos mercados de microcontroladores, automotivo, processamento de redes e identificação de segurança, com uma carteira de mais de 25 mil clientes.

Combinadas, as empresas terão uma receita de vendas anual da ordem de mais de US$ 30 bilhões, em mercados que devem movimentar US$ 138 bilhões em 2020. Após o fechamento do negócio, esperado para o final de 2017, a Qualcomm estima conseguir ganhos de sinergias de US$ 500 milhões por ano em dois anos. A Qualcomm financiará a operação com dinheiro em caixa e com a emissão de US$ 11 bilhões em novas dívidas.

De acordo com o CEO da Qualcomm Inc., Steve Mollenkopf , a aquisição da NXP acelera a estratégia da fabricante norte-americana de levar sua tecnologia móvel para novas oportunidades robustas, integrando semicondutores com escalas. “Ao unir as capacidades de SoC (system on a chip) e o roadmap de tecnologias da Qualcomm com os canais de venda da NXP e sua posição de liderança no mercado automotivo, de segurança e IoT, acreditamos estar ainda mais bem posicionados para dar poderes a clientes e consumidores na conquista de todos os benefícios de um mundo inteligentemente conectado”, disse em nota o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor