Kaspersky Lab unifica divisão de negócios da América Latina

Segurança
0 0 Sem Comentários

A Kaspersky Lab anunciou a consolidação de sua divisão latino-americana, que antes compreendia o Brasil e a região estratégica da América Latina, em uma unidade de negócios autônoma, tornando-se a sétima região comercial da empresa.

A nova estrutura “reconhece a grande contribuição da América Latina para os resultados”, diz a Kaspersky Lab em uma release. Também atesta seu potencial de crescimento, garantindo à região uma oportunidade de se desenvolver com maior autonomia. Com essa mudança, a divisão recém-formada será capaz de estabelecer uma estrutura corporativa e implementar estratégias para beneficiar seus clientes, parceiros e canais de acordo com as necessidades locais e culturais.

Claudio Martinelli, diretor-executivo do Brasil, foi nomeado diretor-executivo da América Latina. Ele continuará gerenciando a empresa no Brasil até que seja nomeado um sucessor. Daniel Molina permanece como diretor-executivo da região estratégica da América Latina, subordinado a Martinelli. Claudio se reportará diretamente a Alexander Moiseev, diretor global de vendas da Kaspersky Lab.

“Como uma empresa global, a Kaspersky Lab sabe que para um negócio ser bem-sucedido, é necessário considerar as complexidades culturais envolvidas”, afirmou Martinelli. ” A promoção da América Latina para uma região autônoma confirma essa crença e nos dá flexibilidade para explorar nossos recursos culturais, não só em benefício da região, mas da empresa como um todo”, completa o novo diretor-executivo da Kaspersky Lab na América Latina.

De acordo com o indicador Endpoint Tracker de 2016 da IDC (resultados de 2015), a Kaspersky Lab tem uma participação de 21% no mercado latino-americano. Isso num momento em que o mercado de endpoints na América Latina diminuiu 4% em 2015, se comparado com 2014. Mesmo com a instabilidade da economia, o crescimento da empresa na região foi de quase 5%.

“Nossos negócios na América Latina estão crescendo de forma ritmada. Na verdade, as vendas geradas na região em 2015 representam 7% de nossa receita global. Isso, em conjunto com os resultados trimestrais sólidos e com o potencial de mercado existente, deixou claro que nossa empresa na América Latina tinha capacidade e precisava caminhar por conta própria para alcançar um novo nível de crescimento”, confirma Alexander Moiseev, diretor global de vendas da Kaspersky Lab. “Tenho certeza de que essa nova estrutura ajudará Claudio e sua equipe a dirigir os negócios da Kaspersky Lab na região de maneira mais eficiente e assegurar um gerenciamento estratégico e operacional melhor em nível local”, declarou ainda.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor