Lucro líquido da Alphabet, holding do Google, sobe 27,6% no trimestre

FinançasNegócios

Lucro fechou setembro em US$ 5,06 bilhões, enquanto as receitas subiram outros 20%, passando para US$ 22,45 bilhões no terceiro trimestre de 2016. Alphabet também conseguiu reduzir os prejuízos de suas outras apostas, como o Google Nest (de automação residencial) e o Google Fiber.

A empresa guarda-chuva do Google, a Alphabet, conseguiu resultados melhores do que o esperado no terceiro trimestre. De acordo com o balanço da empresa divulgado na noite de quinta, 27, o lucro líquido da holding subiu 27,6% na comparação anual entre trimestres e fechou setembro em US$ 5,06 bilhões. As receitas subiram outros 20%, passando de US$ 18,67 bilhões entre julho e setembro de 2015 para US$ 22,45 bilhões no terceiro trimestre deste ano.

A maior parte das receitas, claro, vêm das operações do Google. E apesar do custo por clique dos anúncios, o principal negócio do Google, estar caindo – a redução foi de 11% na comparação anual entre trimestres – suas receitas aumentaram, de US$ 18,53 bilhões no terceiro trimestre de 2015 para US$ 22,25 bilhões no trimestre encerrado em setembro último.

As receitas de publicidade cresceram 18% na comparação anual, para US$ 19,82 bilhões. Outras receitas, que incluem enterprise cloud, software e produtos de gerenciamento de dados, cresceram 39% na base anual e encerraram setembro em US$ 2,43 bilhões.

Houve melhora também nos demais negócios da Alphabet, notadamente a empresa de automação residencial Google Nest e a operação Google Fiber, que a holding classifica como “outras apostas”. O prejuízo diminuiu na comparação anual e as perdas operacionais foram reduzidas de US$ 980 milhões no terceiro trimestre de 2015 para perdas de US$ 865 milhões. As receitas subiram 39,7%, para US$ 197 milhões.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor