Microsoft disponibiliza Windows Server 2016 de olho na nuvem

CloudServidores
2 58 1 Comentário

A Microsoft anunciou a disponibilidade global da nova versão do sistema operacional da companhia para servidores, Windows Server 2016, do System Center 2016 e novos serviços para Operations Management Suite, com recursos para simplificar o gerenciamento de TI.

O preview técnico final do Windows Server 2016 foi lançado há cinco meses e entretanto mais de meio milhão de dispositivos estão rodando a solução. A companhia diz que os feedbacks foram fundamentais para desenvolver o sistema operacional, que chama de “pronto para a nuvem” por ser capaz de rodar aplicações tradicionais e infraestrutura de datacenter. Ao mesmo tempo,  ajuda os consumidores a fazerem a transição de fluxos de trabalho para um modelo de nuvem mais seguro, eficiente e ágil.

Os clientes que estão rodando a preview técnica variam de grandes corporações globais a hospedagens de nuvens privadas, organizações de todos os tamanhos em todas as partes do mundo, revela a Microsoft.

“O chamamos de ‘sistema operacional pronto para a nuvem’, porque chega aos consumidores onde eles estiverem e apresenta tecnologias para facilitar a transição para a nuvem”, explica a companhia.

As novidades do Windows Server 2016 se dividem em três áreas:

  • Segurança avançada multinível: A Microsofot diz que o Windows Server pode realizar um papel estratégico no arsenal de segurança de uma organização. A ideia é que dê à TI o poder de ajudar a prevenir ataques e detectar atividades suspeitas com os novos recursos para controlar acessos privilegiados, proteger máquinas virtuais e fortalecer a plataforma contra ameaças emergentes.
  • Datacenter definido por software: A nuvem pública Azure é também uma cliente de Windows Server. Isso significa que utiliza Windows Server e Hyper-V em uma escala massiva para o fornecimento de alguns dos mais eficientes datacenters do mundo. Nem toda empresa precisa desse tipo de escala, mas cada organização pode se beneficiar dos novos modelos de eficiência em nuvem.  O sistema usa computação defnida por software, armazenamento e recursos de rede inspirados pelo Azure.
  • Plataforma de aplicações pronta para a nuvem: As aplicações são o centro de qualquer organização e sua habilidade de atender aos clientes e competir eficientemente por sua fidelidade. Conforme a transformação digital acelera em cada organização, quase todas as aplicações precisam fazer a transição ou se transformar. Aqui a ideia é proporcionar novas formas de entregar e rodar tanto aplicações já existentes quanto as nativas na nuvem – seja localmente ou no Microsoft Azure – usando novas capacidades como Windows Server Containers e a opção de implantação leve Nano Server.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor