Oculus está trabalhando em uma versão standalone do Rift

InovaçãoVestíveis
0 0 Sem Comentários

A Oculus, que pertence ao Facebook, está trabalhando numa segunda versão de seu Oculus Rift. Dessa vez, será um dispositivo de realidade virtual independente, que funcionará sem ligação a smartphone ou a computador.

A novidade foi revelada pelo CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, no início do evento Oculus Connect 3, que está acontecendo em San Jose, Califórnia.

O executivo mostrou um vídeo com o protótipo do vestível, falando que seu desenvolvimento ainda está muito no início. A intenção é permitir que o usuário carregue o óculos de realidade virtual consigo, e também que possa movimentar-se no espaço virtual como no físico.

Não foi essa a única novidade do evento. A Oculus vai lançar seus controladores Touch já em dezembro, por US$199, e fones de fio para o vestível na mesma altura, por US$49.

Sendo um evento para desenvolvedores, houve grande foco nos conteúdos e nas possibilidades que o ecossistema Oculus dará no futuro. Uma das mais interessantes é a criação de avatares, que o usuário poderá personalizar. A ideia é tornar a utilização de realidade virtual em uma atividade social, em que você possa reconhecer seus amigos através de avatares, ao mesmo tempo que expressa sua individualidade.

Mark Zuckerberg também anunciou que a companhia está investindo mais US$250 milhões no desenvolvimento de conteúdos, dobrando o que já havia injetado nesse setor.

Outra notícia interessante da apresentação de abertura foi a parceria assinada entre a Oculus e o Walt Disney Studios, que irá colaborar para “criar uma série de experiências baseadas em seus personagens mais amados.”

O Oculus Rift foi lançado no início de 2016 e teve um início um pouco conturbado, com atrasos na entrega e escassez de estoque. Por outro lado, os requisitos exigem computadores sofisticados e de preço elevado, motivo pelo qual a empresa anunciou algumas mudanças nesse campo e o surgimento de ofertas mais acessíveis, em torno de US$500.

A apresentação pode ser vista aqui.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor