SAP Run Live: programa StartUp Focus impulsiona área da saúde

InovaçãoNegóciosStartup
0 13 Sem Comentários

SAP Startup Focus é um programa global que ajuda as startups nas áreas de Big Data e análise preditiva em tempo real. A Previta, empresa que desenvolve soluções na área da saúde é uma das mais recentes a integrar essa iniciativa.

* na Cidade do México

A iniciativa da SAP é, de acordo com Mark Noronha, líder do projeto, uma forma de levar inovação das startups a seus clientes.

O Startup Focus já ajudou mais de 4000 empresas, das quais 235 são localizadas na América Latina em cuja iniciativa teve início em 2015. Os países com mais startups presentes nesse ecossistema são o Brasil, o México e a Argentina e as áreas de negócio mais focadas são o agronegócio, utilities e o varejo.

A SAP dá às empresas escolhidas acesso à plataforma HANA de forma gratuita, recursos técnicos, clientes, formas de financiamento e a uma comunidade de empreendedores, parceiros e investidores.

“As startups estão fazendo inovação que não conseguimos fazer dentro da SAP” finalizou o executivo.

A Previta desenvolveu um sistema de saúde chamado e-Health Tracker que serve cerca de 50.000 usuários por mês no México. A solução permite que o prontuário médico de cada paciente esteja acessível na nuvem e possui um sistema de rastreamento remoto para doentes crónicos.

Morgan Guerra, diretor médico e de informação da Previta indicou que a solução da startup é já usada em 150 consultórios e por mais de 500 médicos e que em relação ao paciente, existe um app que permite ter seu prontuário sempre disponível e assim facilitar a consulta em vários médicos, em várias localizações e à distância.

No entanto, o maior desafio será que as instituições de saúde vão começando a colaborar e compartilhar informações entre eles melhorando a qualidade do tratamento e cuidados médicos.

De futuro e com o apoio da SAP, a empresa espera “reduzir os tempos de desenvolvimento para usuário final” e usar  “SAP HANA para adaptar ambientes de Internet das Coisas com monitoramento à distância e vestíveis integrados na base de dados, aproveitando, assim, todas as capacidades da plataforma” afirmou Guerra. Outro dos objetivos é a expansão para vários países da América Latina.

O diretor finalizou dizendo que a tecnologia pode ser uma ferramenta para prevenir doenças ou melhorar a qualidade de vida dos doentes mas alertou que o mais importante para reduzir custos na saúde é uma opção de vida saudável.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor