T-Systems mostra ‘smart factory’ e ‘Nuvem das Coisas’ no Brasil

CloudInovaçãoProjetos
0 4 Sem Comentários

A T-Systems Brasil irá mostrar o conceito de “smart factory” no Congresso SAE Brasil, que acontece esta semana no Expo Center Norte, em São Paulo. A provedora alemã de soluções e serviços de TI pretende também apresentar sua “Cloud of Things” no evento.

A intenção da T-Systems é se posicionar como uma “one-stop-shop” para soluções de integração de processos industriais, desde a entrada de matérias primas até a integração de dispositivos móveis.

“Com a digitalização dos processos, a produtividade das indústrias cresce de 2 a 3 vezes”, diz Camilo Rubin, vice-presidente de Sales & Service Management da T-Systems Brasil. O executivo lembra que a digitalização já é realidade em todos os setores e que está na agenda de pessoas influentes, de CIOs a políticos. “Isso significa uma série de benefícios, mas também de novos desafios”, ressalta.

Para Rubin, a fábrica inteligente é um elemento fundamental do conceito de Indústria 4.0, trabalhando para permitir que sistemas de produção e de logística sejam auto organizáveis. “É um modelo de fábrica que exige intervenção mínima com planejamento central e inteligência distribuída. A T-Systems está apresentando as tecnologias certas para permitir aos seus clientes implementarem o conceito”, defende. Algumas das soluções presentes na feira incluem:

  • Controle de acesso;
  • Solução para controle de entrada e saída de materiais na planta;
  • Acompanhamento e rastreamento da produção – Acesso instantâneo a todas as instalações de produção com Smart Factory – aceleração dos processos logísticos;
  • Manutenção preditiva – Redução do tempo de inatividade com base em informações de status da máquina como parte da Smart Factory;
  • MES como um facilitador para a Smart Factory – os sistemas principais trocam informações automaticamente e se auto gerenciam;
  • Adaptação automática de ferramentas à próxima atividade;
  • Integração de dispositivos móveis

“Cloud of Things”

Outra solução que a T-Systems vai apresentar no Congresso SAE Brasil é a Cloud of Things, ou a Nuvem das Coisas. De acordo com Ricardo Michelan, que lidera Sales Automotive OEMs & Suppliers na T-Systems Brasil, trata-se de um serviço hospedado na nuvem da companhia que permite o monitoramento de qualquer equipamento que produza informações. “É basicamente para máquinas mas, não importa o equipamento, conseguimos analisar a informação gerada”, explica.

Estas informações são disponibilizadas aos clientes em dashboards, que podem ser acessados por executivos e tomadores de decisão via celular ou tablete. A solução já está implementada na Mercedes-Benz, na Alemanha, e agora a T-Systems deve expandi-la para outros segmentos que façam uso intensivo de máquinas.

Esta edição do SAE Brasil assinala 25 anos da entidade e terá como tema “A Engenharia Criando a Mobilidade do Futuro – Intermodalidade – Conectividade – Veículos e Sistemas Inteligentes”. A versão 2016 do Congresso é presidida por Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO da empresa para a América Latina.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor