Ericsson apresenta carro a energia solar na COP22

InovaçãoTecnologia Verde
0 2 Sem Comentários

Na 22ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, a Ericsson demonstrou o compromisso que tem para resolver desafios associados às alterações climáticas.

A empresa de tecnologias de comunicação e serviços Ericsson levou algumas das soluções inovadores que tem desenvolvido com o objetivo de aumentar seu portfólio sustentável e ajudar na redução das emissões de carbono.

Uma dos projetos apresentados na 22ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP22) foi o Stella lux,  um carro elétrico cuja fonte de energia é solar. Este veículo foi desenvolvido por uma organização sem fins lucrativos, a Solar Team Eindhoven, e conta com um sistema de navegação da Ericsson que otimiza a rota do veículo para aproveitar ao máximo as condições climáticas e do tráfego, segundo comunicado enviado a imprensa.

Em parceria com a Philips, a companhia apresentou também a Ericsson Zero Site, que já está em aplicação em Marraquexe, no Marrocos, cidade onde acontece a convenção. Trata-se de uma solução de conectividade para postes de iluminação.

A Ericsson aproveitou a COP22 para dar os resultados de um estudo que realizaram onde demostra que as TICs podem ajudar a reduzir em até 15% a emissão de gases com efeitos de estufa até o ano de 2030. Isto corresponde à pegada de carbono da União Europeia mais à dos Estados Unidos.

De acordo com a companhia, “a banda larga móvel (3G ou superior) vai cobrir mais de 90 por cento da população mundial, passando de praticamente um bilhão de assinantes em 2010 para 7,7 mil milhões de usuários em 2021”. Visto que a Ericsson transporta mais de 40% do tráfego móvel mundial, é também um objetivo tornar “ o acesso à banda larga móvel mais sustentável, económico e acessível”.

Para a diretora de sustentabilidade da Ericsson, Matilda Gennvi Gustafsson, estarem presentes nesta convenção “será essencial para permitir análises complexas importantes para planeamentos futuros e tomadas de decisão”.