Huawei cria protótipo de rede para realidade virtual

InovaçãoRedes
0 4 Sem Comentários

Solução tem arquitetura non-blocking, com redes sobrepostas otimizadas para latência  (Live-MDN), redes IP determinísticas de baixa latência (DIP) e a próxima geração de camadas de transporte com alta taxa de transferência.

A Huawei apresentou nesta segunda, 7, em Londres, um protótipo de rede preparado para realidade virtual (VR).

O protótipo, na realidade, é uma rede de alta capacidade, com alta largura de banda, baixa latência e alta ruptura para atender às demandas da tecnologia de realidade virtual.

Ela tem uma arquitetura non-blocking, redes sobrepostas otimizadas para latência (Live-MDN), redes IP determinísticas de baixa latência (DIP) e a próxima geração de camadas de transporte com alta taxa de transferência.

De acordo com a operadora chinesa, a VR é mais desafiadora para as operadoras do que qualquer outra mídia audiovisual. “Devido à variação na distância de visualização, o ângulo de visão de uma TV LCD de 50 polegadas cobre apenas cerca de 2% do que pode ser visto com os óculos para VR, o que significa que uma resolução 8K, que é a máxima resolução de imagem das TVs atuais, é a mais baixa configuração de visualização para produtos VR”, explica a Huawei em nota.

Assim, a largura de banda das redes para VR demanda muito mais que a capacidade das redes atuais, criou requisitos mais rigorosos em termos de latência e tolerância de ruptura.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor