Samsung amarga queda de 14% na venda de smartphones no trimestre

MobilidadeNegóciosSmartphones

Como esperado, crise do Galaxy Note 7 prejudicou as vendas da Samsung entre julho e setembro, mas levantamento do Gartner mostra ainda que também a Apple perdeu mercado. Quem cresceu em vendas foram as chinesas Huawei, Oppo e BBK.

A falha de segurança que causou a descontinuação do Galaxy Note 7 da Samsung, como esperado, fez com que a fabricante sul-coreana amargasse uma queda de 14%,2 em suas vendas no terceiro trimestre de 2016, na comparação com igual período do ano passado. De acordo com levantamento do Gartner, a queda, no entanto, ainda não foi suficiente para tirar a posição de líder de mercado da Samsung em nível mundial – ela vendeu um total de 71 milhões de celulares e detinha ao final de setembro um total de 19,2% de market share., mas vale pontuar que em setembro de 2015 a fatia de mercado era de 23,6%.

Para o Gartner, apesar de a retirada do mercado do Note 7 ter sido acertada, “os danos à marca da Samsung” devem dificultar o aumento das vendas de smartphones da sul-coreana no curto prazo.

Mas a queda nas vendas da Samsung não beneficiou diretamente a Apple. A maçã também perdeu. Foram vendidos 6,6% iPhones a menos entre julho e setembro deste ano que em igual período do ano passado, e fechou o terceiro trimestre de 2016 com um total de 43 milhões de smartphones vendidos.

Quem ganhou, segundo o Gartner, foram as fabricantes chinesas. Huawei vendeu 32 milhões de celulares; a Oppo, 24 milhões; e a BBK, 19 milhões.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor