Startup brasileira ganha EDP Open Innovation

NegóciosStartup
0 0 Sem Comentários

A Delfos Predictivie Maintenance, startup brasileira de Fortaleza, foi a grande vencedora do prémio EDP Open Innovation. A final do evento aconteceu dia 2 de novembro no auditório da sede da EDP, em Lisboa.

Essa iniciativa visa apoiar o empreendedorismo tecnológico com foco em energia e em suas múltiplas variantes incluindo big data, internet of things, machine learning, data analytics. Recentemente alargado ao Brasil e a Espanha, o EDP Open Innovation recebeu mais de 250 candidaturas das quais 15 foram finalistas.

A grande vencedora foi a brasileira Delfos que apresentou uma solução de monitoramento que estabelece padrões de análise, antecipando problemas em tempo real e que quer, assim, aumentar a produtividade e o ciclo de vida das turbinas sem aumentar os custos de operação e manutenção.

Em segundo lugar ficou a Glartek, que está tornando o sistema industrial mais intuitivo através de uma solução digital que junta a Internet das Coisas à realidade aumentada, bastando para isso apontar um dispositivo móvel a uma dada máquina, para ver todos os dados e informações relevantes em tempo real e a 3ª classificada, Sunshine.Rocks que criou uma plataforma que permite às pessoas se ligarem a nível local para partilharem condições energéticas e se juntarem enquanto comunidade com o objetivo de ligar casas e negócios de bairro, criando um minimercado de energia e promovendo a educação ambiental.

O prémio do vencedor foi de € 50.000 e 6 meses de incubação na EDP Starter, na qual também vão participar as outras duas startups. O programa dá acesso garantido ao ALPHA da Web Summit em que terão direito a uma zona de exposição, mentoria, workshops, participação em mesas redondas e contato com investidores.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor