Amazon abre loja física sem caixa: é pegar e levar

e-MarketingInovação

Sem caixa, sem fila, sem atendente: esse é o supermercado do futuro, segundo a Amazon. A gigante da internet acaba de abrir em Seattle sua primeira loja que usa inteligência artificial e aprendizado de máquina para permitir que o consumidor entre, pegue o que quiser e saia sem passar no caixa.

Como isso é possível? No supermercado Amazon Go, o consumidor usa o aplicativo da empresa no smartphone para se autenticar na entrada. Isso é feito aproximando o smartphone de um leitor, semelhante aos que existem, por exemplo, em várias redes de metrô.

A autenticação permite a entrada na loja e a partir desse momento o consumidor pode simplesmente pegar todos os produtos que deseja e sair da loja sem ficar esperando em filas. Imagine-se o conceito: é como misturar a conveniência de comprar online com a imediatez de comprar offline. Você usa sua conta na Amazon e pega seus itens direto. É uma ideia genial.

É também uma tecnologia que, aplicada em larga escala, pode acabar com milhões de postos de trabalho em todo o mundo. Se o supermercado não precisa mais ter caixa nem atendente, grande parte dos funcionários que hoje trabalham nessas lojas serão redundantes. Tal como acontece nos armazéns e na estrutura logística da Amazon, os funcionários terão uma missão por detrás da cortina, mas não precisarão mais atender diretamente o cliente. Só nos Estados Unidos, existem 3,5 milhões de pessoas trabalhando como caixas.

A Amazon publicou um vídeo explicando o conceito e em menos de 24 horas já acumulou mais de 1,14 milhões de visualizações. Ele está disponível no YouTube.

O Wall Street Journal noticiou também que a Amazon poderá abrir mais de 2 mil lojas em vários formatos, se esse investimento inicial for bem sucedido.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor