Atento anuncia pagamento antecipado de US$ 30 milhões em debêntures brasileiras

CRMe-Marketing

A Atento, maior empresa especializada em serviços de gestão de clientes e terceirização de processos de negócio (CRM/BPO) na América Latina, anunciou que realizou uma amortização antecipada de US$ 30 milhões (R$ 100 milhões) de suas debêntures brasileiras, em 26 de dezembro.

Essa iniciativa reduz o saldo de principal das debêntures brasileiras da Atento para US$ 155 milhões (R$ 513 milhões), em 26 de dezembro de 2016.

Maurício Montilha, CFO da Atento, comentou que, como destacado em novembro, durante a call de resultados da companhia, a empresa previu pagar antecipadamente US$ 30 milhões de suas debentures brasileiras, além do pagamento programado de US$ 32 milhões, durante o quarto trimestre fiscal. “Essa redução da dívida é mais um passo positivo na estratégia para melhorar o balanço e o custo do capital, de maneira gradual, e para aumentar a flexibilidade financeira da Atento”, referiu o responsável.

A amortização antecipada das debêntures permite à empresa reduzir sua despesa de juros em US$ 5,8 milhões antes de impostos, ou US$ 0,05 por ação em base ajustada no exercício fiscal de 2017. Segundo Montilha, a antecipação foi possível graças à alocação disciplinada de capital e gestão rigorosa do capital de giro, visando melhorar o fluxo de caixa livre antes dos juros.

“Além disso, estamos satisfeitos pelo fato de a Fitch Ratings ter reafirmado recentemente seus ratings para a Atento Luxco (´BB’/Stable) e Atento Brasil (‘AA- (bra)’/Stable), reconhecendo a geração positiva de caixa da Atento e a redução da alavancagem no médio prazo”, complementa Montilha.

No início de 2017, o CEO Alejandro Reynal e o CFO Mauricio Montilha irão participar da Morgan Stanley’s Latin America Executive Conference, em Miami, Flórida. Esse evento acontece a 11 e 12 de janeiro.

Já no final do mês, Mauricio Montilha participará da Credit Suisse’s Latin America Investment Conference, em São Paulo, Brasil, entre 31 de janeiro e 01 de fevereiro de 2017.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor