Overwatch e gamer brasileiro entre os vencedores dos The Game Awards

Inovação

A maior noite do ano para a indústria dos videojogos aconteceu em Los Angeles e premiou o que se fez de melhor em 2016. “The Game Awards” atribuiu prêmios em 25 categorias, 6 das quais votadas pelos fãs.

O grande destaque da noite foi para “Overwatch”, da Blizzard, considerado o Jogo do Ano – a estatueta mais apetecida dos The Game Awards. O título também venceu na categoria de Melhor Realização, Melhor Jogo Multiplayer e Melhor Jogo eSports.

Esse foi o jogo mais premiado, seguido de “Uncharted 4: A Thieve’s End” – Melhor Narrativa e Melhor Atuação, de Nolan North – “Doom”, com Melhor Jogo de Ação e Melhor Desenho de Som, “Inside” da Playdead, com Melhor Jogo Indie e Melhor Direção de Arte, e Pokémon Go, da Niantic, com Melhor Jogo Móvel e de Família.

Em uma cerimônia no Microsoft Theatre, apresentada por Geoff Keighley, houve alguns momentos emocionantes. O primeiro foi quando Hideo Kojima recebeu o prêmio de ícone da indústria, depois de ter sido proibido pela Konami de participar do show no ano passado; foi também apresentado um trailer extenso de sua muito esperada produção “Death Stranding.”

Outro momento alto foi o discurso de Ryan Green, o desenvolvedor indie que venceu o prêmio Jogo Impactante com “That Dragon, Cancer”, um jogo criado para lidar com o câncer que acabaria por matar um de seus filhos.

“Vocês deixaram eu contar a história de meu filho. No final, não foi a história que gostaria de ter contado. Mas vocês deixaram fazer isso em meio a nosso luto”, disse Green, com lágrimas nos olhos.

Um momento em português no The Game Awards

Aconteceu quando o gamer brasileiro Marcelo David, ou Coldzera, venceu o prêmio de Melhor Jogador esports, uma distinção apresentada pelo campeão olímpico Michael Phelps. Coldzera pediu desculpas por não falar muito bem inglês e fez seu discurso em português: “Estar aqui é um sonho para mim, estou muito feliz” disse o gamer, agradecendo a todos os brasileiros e ao seu time. Coldzera é especialista em SK Gaming, Counter-Strike: Global Offensive.

Lista de vencedores

Melhor Jogo do Ano – Overwatch (Blizzard)

Melhor Realização – Blizzard por Overwatch

Melhor Narrativa – Uncharted 4: A Thieve’s End (Naughty Dog/SIE)

Melhor Direção de Arte – Inside (Playdead)

Melhor Desenho de Som – Doom (id Software/Bethesda)

Melhor Atuação – Nolan North (Uncharted 4: A Thieve’s End)

Melhor Jogo de Ação – Doom (id Software/Bethesda Softworks)

Melhor Jogo de Aventura – Dishonored 2 (Arkane Studios/Bethesda Softworks)

Melhor Multiplayer – Overwatch (Blizzard)

Melhor RPG – The Witcher 3: Wild Hunt – Blood and Wine (CD Projekt RED)

Melhor Jogo de Luta – Street Fighter V (Capcom)

Melhor Jogo de Corrida – Forza Horizon 3 (Playground Games/Microsoft Studios)

Melhor Jogo Indie – Inside (Playdead)

Jogo Impactante – That Dragon, Cancer (Numinous Games)

Melhor Jogo Móvel – Pokémon Go (Niantic)

Melhor Jogo de Família – Pokémon Go (Niantic)

Melhor Jogo VR – Rez Infinite (Enhance Games)

Melhor Jogo de Estratégia – Civilization 6 (Firaxis Games/2K)

Jogo Mais Antecipado: The Legend of Zelda (Nintendo)


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor