PSafe alerta usuários de Android sobre vírus Gooligan

SegurançaVírus

A PSafe alerta usuários de smartphones, com sistema operacional Android, sobre um vírus que vem se espalhando rapidamente conhecido como Gooligan. Este malware já foi bloqueado mais de 1 milhão de vezes pela companhia nos últimos quatro meses no Brasil e vem infectando, em média, mais de 13 mil celulares diariamente em todo o mundo.

O golpe é realizado através de um aplicativo infetado que o usuário baixa, geralmente, de lojas não oficiais.  O malware rouba os dados da conta da Google (Gmail) e tem acesso total ao celular da vítima, podendo roubar fotos e arquivos, entre outras informações e clicar em propaganda de forma automática, gerando, assim, receita para os cibercriminosos.

Os cliques automatizados em publicidades realizados por meio desse ataque podem gerar cerca de 320 mil dólares (mais de R$ 1 milhão) de receita por mês para os hackers.

“Nós já identificamos mais de 4 mil versões diferentes do mesmo vírus Gooligan”, indicou, em comunicado, Emilio Simoni, Gerente de Segurança da PSafe. Segundo o especialista, os criminosos desenvolveram uma série de versões diferentes do vírus para dificultar o bloqueio por softwares de segurança.

A PSafe aconselha a proteger o celular com um software de segurança capaz de bloquear ataques realizados por um cérebro eletrônico. Além do uso de um antivírus certificado, o usuário deve baixar e instalar apenas apps disponíveis em lojas oficiais (Google Play), ficar atento às permissões requisitadas pelos aplicativos, observando se estão compatíveis com as necessidades do app e utilizar senhas fortes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor