Realidade virtual aplicada aos projetos de arquitetura antecipa o futuro na área

Inovação

O Escritório Maria Lavinia Arquitetura vai utilizar realidade virtual e aumentada para trazer maior precisão a seus projetos. Além disso, vai trazer com exclusividade ao segmento, o Oculus Rift desenvolvido pela Oculus VR.

Os benefícios que as novas tecnologias, nomeadamente a realidade virtual e aumentada, trazem a inúmeras áreas, nomeadamente à arquitetura, não são novos e o escritório de arquitetura de São Paulo, vai agora aproveitar todo o seu potencial para que seus clientes possam ter uma ampla percepção dos projetos.

“Compramos um Cardboard (óculos de papelão da Google) e assistimos alguns conteúdos e continuamos interessados. Depois de algum tempo encontramos o site da Arch Virtual (empresa que desenvolve conteúdo específico para arquitetura) e, finalmente, encontramos a Iris VR, uma startup que desenvolve softwares que faz a interface entre programas”, afirmou, em comunicado, Maria Lavinia.

Segundo a arquiteta, a ideia é que as pessoas tenham a sensação de se transportarem para dentro do projeto e interajam com cada ambiente proposto como se já estivessem vivendo nele. Implementado, o Oculus Rift permite maior interatividade e conta com um controle remoto que permite ao usuário uma navegação individual pelos ambientes, andando em qualquer direção, tendo uma visualização completa e não visualizando um ponto fixo como os demais modelos do mercado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor