Receita da Red Hat aumenta 18% no terceiro trimestre

Open-SourceSoftware

A Red Hat, especializada no fornecimento de soluções open source, anunciou os resultados financeiros do terceiro trimestre do ano fiscal de 2017, encerrado em 30 de novembro de 2016. A maior nota nesse período foi o crescimento de 18% na receita.

A receita total para o trimestre foi de US$ 615 milhões, enquanto a receita de subscrição foi de US$ 543 milhões, um aumento de 19% em dólares americanos. Isso representou 88% da receita total da Red Hat.

As ofertas relacionadas a infraestrutura cresceram 16%, para US$ 431 milhões. Já ofertas relacionadas a desenvolvimento de aplicativos e outras tecnologias emergentes foi de US$ 112 milhões, um aumento de 33%.

Tudo isso permitiu uma subida dos lucros, que passou de US$ 47 milhões para US$ 68 milhões. Os executivos da empresa se mostraram confiantes perante os resultados.

“Clientes empresariais e provedores de serviços continuam a adotar uma estratégia de cloud híbrida para desenvolvimento, implantação e gerenciamento do ciclo de vida de seus aplicativos críticos”, afirmou Jim Whitehurst, presidente e diretor executivo da companhia. “A Red Hat está em posição privilegiada para lidar com essas necessidades.”

Também foi conhecida a decisão do diretor financeiro Frank Calderoni de deixar o cargo no final de janeiro de 2017, sendo substituído temporariamente por Eric Shander, vice-presidente de finanças e contabilidade. Ele atuará como diretor financeiro da Red Hat até que ocorra uma decisão a respeito de um substituto permanente.

Para o ano inteiro, a companhia de open source prevê uma receita entre US$ 2,397 bilhões e US$ 2,405 bilhões. Os ganhos totais GAAP diluídos por ação (EPS) deverão ser de aproximadamente US$ 1,33, presumindo uma taxa de imposto efetiva anual estimada de 27% diante de itens de impostos discretos e 183 milhões de ações totalmente diluídas pendentes.

A Red Hat estima ainda que a faixa de previsão de fluxo de caixa operacional esteja entre aproximadamente US$ 770 milhões e US$ 785 milhões.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor