Riverbed e Verizon fazem parceria para aprimorar conexões de rede na nuvem

CloudRedes

A Riverbed Technology anunciou uma parceria com a Verizon Enterprise Solutions para oferecer uma solução de cloud escalável designada de Amazon Web Service (AWS) Direct Connect Bundle. Isso irá permitir que as empresas conectem suas filiais e data centers aos ambientes AWS por meio de serviços de rede gerenciados, seguros e otimizados.

O AWS Direct Connect Bundle combina o SteelHead, solução de otimização de WAN da Riverbed, as soluções Secure Cloud Interconnect (SCI) e Virtual Network Services (VNS) da Verizon e o AWS Direct Connect em uma única oferta.

De acordo com as empresas, as soluções VNS e SCI vão permitir conectividade gerenciada às empresas e seus funcionários por meio de uma rede segura, eficiente e de alto desempenho. Por seu turno,  o SteelHead vai acelerar o desempenho da aplicação na nuvem, tratando problemas de largura de banda e latência com objetivo de ajudar a melhorar a experiência e a produtividade do usuário final.

“A Riverbed tem uma longa história de colaboração com provedores de serviços como a Verizon para fornecer soluções de rede altamente escaláveis aos nossos clientes em comum”, afirmou, em comunicado, Phil Harris, vice-presidente sênior e gerente geral da Vertical de Provedores de Serviços e Estratégia na Riverbed. “Trabalhar com provedores de serviços em nuvem como a AWS é uma extensão natural dessas soluções e atende às necessidades dos ambientes híbridos de rede, ajudando as empresas em suas iniciativas de transformação digital”.

“Com essa oferta, a Verizon e a Riverbed estão estimulando sua colaboração para oferecer soluções conjuntas que atendam às necessidades das empresas de realizar todo o potencial de transformação digital com melhores custos, agilidade e flexibilidade”, indicou  Shawn Hakl, vice-presidente de Redes e Inovação da Verizon. “Com o nosso novo conjunto de soluções, as empresas poderão equilibrar a agilidade, segurança, custo e desempenho necessários com o aumento da migração de aplicações móveis para a nuvem e da Internet das Coisas”, completa o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor