Twitter compra startup Yes

e-MarketingRedes Sociais

Apesar da situação delicada do Twitter, ou talvez derivado precisamente dela, a rede social decidiu comprar a startup Yes e integrar sua equipe dentro da empresa.

O futuro do Twitter ainda é incerto. Mas isso não significa que a empresa deixe de tentar melhorar sua situação. Não se sabe se a rede social sempre irá encontrar um comprador, ou  o que irá acontecer ao Vine e outros serviços, mas há que seguir caminho.

Um dos passos necessários para continuar era  preencher a vaga de vice-presidente de produto, um cargo que estava já há seis meses desocupado. Esse era, de facto, um dos problemas do Twitter, uma vez que o vice-presidente de produto é basicamente o principal responsável pela estratégia para tentar aumentar a crescimento da rede social, a usabilidade de seus aplicativos e o bom desempenho em geral.

Desde sua abertura de capital em 2013, a posição foi renovada várias vezes, e agora, graças à aquisição da startup Yes, o CEO Keith Coleman vai assegurar o cargo de vice-presidente de produto do Twitter.

Não há detalhes específicos da operação ou se essa será a última jogada antes de uma possível venda do Twitter ocorrer, mas, dadas as mudanças frenéticas que estamos vendo no futuro da rede social, basicamente tudo é possível.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor