3 Pontos fundamentais que muitas estratégias de integração de dados ignoram

EmpresasNegócios

Então quer dizer que você começou a trilhar o caminho para a integração dos dados. Agora, você possui uma estratégia, definiu a sua abordagem e até já escolheu as tecnologias mais interessantes que encontrou no mercado. Sabe qual é a má notícia nisso tudo? É possível que você tenha deixado passar algumas coisas. E, pior de tudo, você não vai saber nada sobre elas até quando o projeto já estiver bem avançado, quando tudo é mais difícil, e mais caro, para consertar.

É por isso que identifiquei três dos problemas mais comuns na estratégia de integração dos dados. Tais omissões culminam com problemas conforme o tempo, e o projeto, avançam, mas são facilmente evitáveis.

Primeiro problema: Falta de uma abordagem sistemática para governança de dados

Governança de dados não é algo exclusivo para sistemas de banco de dados; ela deveria ser usada em todo tipo de dado que persiste. Assim, tanto a abordagem de integração de dados quanto as ferramentas precisam suportar essa governança.

Em outras palavras, você precisa criar políticas com capacidade de determinar a utilização de dados, sua propriedade, segurança, a aderência a normas e qualquer outra questão que pode ser relevante. A ideia é proteger os dados de você mesmo e garantir que, conforme eles passam de um lado a outro, as políticas serão aplicadas com consistência.

Segundo problema: Falta de um modelo e de um plano de desempenho

A maior reclamação que eu ouço quando pergunto como o projeto de integração de dados está andando bem está relacionada ao desempenho. É comum que o desempenho seja menor do que as expectativas dos usuários.

Não se trata de problemas relacionados com tecnologia, mas questões de planejamento e da modelagem do projeto. O que significa dizer eles não foram feitos da maneira correta e, assim, a solução de integração de dados não está otimizada para os casos reais de utilização.

Quando adicionados a uma estratégia de integração de dados, a questão de desempenho é abordada desde o início. Isso significa que nenhuma surpresa vai acontecer, quando falamos de quão bem o sistema atende as expectativas de desempenho, já que tudo foi devidamente modelado, testado e documentado. Mais do que isso, a maioria dos casos de problemas de desempenho podem ser rastreados no início, na fase de design e instalação.

Finalmente: Falta de segurança na integração dos dados e a sua relação com a segurança corporativa

Os tipos de serviços que você precisa quando está instalando uma solução de integração de dados variam bastante a cada caso e dependem especialmente das necessidades das aplicações. Como regra geral, é necessário lidar com gerenciamento de identidade e de acesso, criptografia quando o dado não estiver em uso ou em trânsito (indo de um lugar para outro).

Não é nada raro ver projetos que negligenciam as conexões da solução de segurança dos dados com a solução de segurança corporativa para toda a empresa. Todos esses níveis precisam trabalhar bem em conjunto. Se isso não acontecer, você tem soluções trabalhando uma contra as outras. Então, tenha certeza que abriu espaço para a equipe de segurança corporativa e que a comunicação com ela seja contínua e proativa.

Integração de dados é uma parte fundamental de qualquer programa de sucesso de TI corporativa. De fato, é uma das maneiras mais importantes de investir o orçamento do departamento. Contudo, como qualquer coisa na vida que valha a pena, você precisa ter um belo plano antes de colocá-lo em prática e uma estratégia que realmente aborde os principais problemas.