Parceria entre Algar Telecom e Grupo JCHEBLY é case da IDC Brasil

CloudData CenterVirtualização

As parceria entre a Algar Telecom e o Grupo JCHEBLY, empresa de marketing digital, se tornaram tema de um case da IDC Brasil sobre os bastidores do setor de digital signage – mídia digital de painéis e telões espalhados por todo o país.

Como parte do acordo, a Algar Telecom se tornou responsável pelo armazenamento dos dados do grupo JCHEBLY e o licenciamento e a administração do ambiente de virtualização utilizados pela empresa – que possui cerca de 5 mil telas instaladas em 500 locais em todos os estados do Brasil.

O novo serviço está hospedado em um ambiente dedicado em nuvem privada, dentro do datacenter da Algar Telecom. É composto de 25 a 40 VMs em servers físicos, com 256GB de memória e um serviço de monitoramento que verifica em tempo real se esses servidores — bem como os processos que nele são executados — estão ativos. O sistema de monitoramento abre automaticamente os tickets, além de notificar por e-mail ou SMS os administradores dos sistemas sobre ocorrências para tomada das devidas ações corretivas.

O armazenamento de alta performance e disponibilidade, com volume de dados superior a 10TB, foi contratado na modalidade on-demand, ou seja, com agilidade e flexibilidade para acompanhar o crescimento do negócio. O acesso à internet permite suportar um alto fluxo de dados (com picos perto de 1TB/hora) até cerca de 500 destinos, sem restrição no volume de dados trafegado. O licenciamento e a administração do ambiente de virtualização garantem os acordos de nível de serviço estabelecidos.

A Algar Telecom já era provedora de telecomunicações de dados e voz ao Grupo JCHEBLY, cujas demandas eram armazenadas e executadas conforme necessidade em dois ambientes: um provedor local de hosting e um provedor internacional de cloud pública. Essa estrutura não estava atendendo às expectativas.

A relação de mais de sete anos entre as duas empresas foi determinante para que fosse firmada mais essa parceria, além do atendimento humanizado da Algar Telecom, o entendimento e aceitação da dificuldade de armazenamento em cloud.

Em função da instabilidade do ambiente anterior, a migração foi lenta e complicada. Além dos dados “quentes” de produção, havia todo o “archiving” a ser transferido, que por conta do volume requereu compactação. Por ter equipe disponível e conhecer melhor as aplicações, a movimentação dos dados foi executada pelo Grupo JCHEBLY, com o suporte da Algar Telecom.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor