Startup focada em vagas para profissionais digitais chega ao Brasil

EmpregoGestãoNegóciosStartup

A Bandit, startup focada em profissional digitais, começa a operar oficialmente no Brasil e tem como objetivo criar uma comunidade de talentos do mercado de trabalhos digitais, como por exemplo, Data Engineers, Desenvolvedores de Software, Desenvolvedores de Apps Mobile e perfis relacionados com Marketing Digital.

A nova plataforma foi desenhada para funcionar como um recruiting marketplace conectando profissionais e empresas por hard, soft skills e afinidade. Além do mais, a  Bandit  afirma que tem um processo de busca simples e eficiente graças a um processo de investigação de dados e machine learning que permite entregar resultados relevantes segmentados por contexto.

A Bandit trabalha, também, a metodologia Lean Recruiting em conjunto com o cliente, garantindo desta maneira a melhora na velocidade dos processos e reduzindo a 2 semanas o que atualmente dura mais de 1 mês

“Passamos a ver uma nova  oportunidade de desenvolvimento desde PTS na Prolancer tanto pelas demandas como pelo vínculos que se criavam com o talento. Claramente vimos que o mundo está atravessando um momento muito especial, onde o boom de startups e a transformação tecnológica demonstra que o talento digital se converteu no veículo de inovação das indústrias e que qualquer empresa que queira sobreviver necessita destes perfis. O que buscamos é que o  talento não tenha que gastar tempo com propostas que não se encaixam no seu perfil e os convertemos no  genuíno centro da cena laboral” indicou Sergio Méndez, cofundador e Sócio-Diretor de Bandit. 

A Bandit funcionou como spin off da Prolancer (vendida recentemente para a Freelancer.com), e faturou 2,5 milhões de reais em um ano. Agora, funcionando de maneira independente e com escritórios no Brasil, Espanha e Argentina, a empresa aposta no Brasil, América Latina e Europa para crescer em 2017.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor