Linx registra receita e lucro líquido

ERPGestãoNegóciosSoftware

A Linx, empresa especializada em software de gestão (ERP e POS) para o varejo, encerrou o último quarter de 2016 com receita operacional bruta de R$150,6 milhões, 8,4% maior que no mesmo período do ano anterior.

Mesmo com a queda da economia e do varejo brasileiro, a receita operacional líquida foi de R$132,0 milhões no trimestre, representando um crescimento de 8,4% em comparação aos R$121,8 milhões do 4T15. Em 2016, a receita bruta da empresa atingiu R$569,2 milhões e a receita líquida foi de R$495,8 milhões.

Comparado ao segundo trimestre deste ano e ao cenário econômico nacional, a empresa continua ampliando sua receita e lucro de forma consistente e resiliente. “Relembramos que apesar da recente recuperação nos indicadores de confiança de consumidores e empresas, a performance da economia real e do varejo ainda seguiu fraca no trimestre. Sendo assim, a maior parte do crescimento continua sustentada pelo cross-selling e o lançamento de novas soluções”, destaca Dennis Herszkowicz, vice-presidente Financeiro e de RI da Linx. “Nosso modelo de venda de software por assinatura mensal, com receitas recorrentes, garante previsibilidade e rentabilidade ao nosso resultado”.

O “cross-sell”, a venda de ofertas complementares aos softwares de POS e ERP para clientes da base da Linx, contribuiu para a maior parte do crescimento da Linx neste trimestre. “Outro destaque foi a taxa de renovação de clientes que atingiu 98,7% no trimestre, em linha com o 3T16. Temos tradicionalmente altas taxas de renovação de clientes, que refletem a base ampla, diversifica e fiel da Companhia. Em um cenário de crise, é mais um fato a se comemorar”, conclui Herszkowicz.

 

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor