Atos coordena projeto europeu de identidade Aries

GestãoSegurança

A especialista em serviços digitais Atos está coordenando o projeto europeu ARIES, “reliAble euRopean Identity EcoSystem”, cujo objetivo é criar um Ecossistema Europeu de Identidades Seguras.

O projeto, que conta com a colaboração de nove empresas e instituições, é enquadrado no Programa Europeu Horizonte 2020 e é cofinanciado pela Comissão Europeia, no âmbito de sua estratégia de combate à criminalidade e terrorismo. Alicia García, diretora da área de Investigação e Inovação da Atos, diz que o Aries terá “um papel fundamental na promoção do combate ao roubo de identidades e aos crimes que lhe estão relacionados, otimizando sua deteção e prevenção.”

A responsável sublinha ainda que o projeto irá concorrer para o desenvolvimento do Mercado Único Digital e da Agenda Digital Europeia, o que deverá aumentar a confiança dos cidadãos nos serviços online.

Além de coordenar o Aries, a Atos participará no desenho e desenvolvimento dos vários elementos do ecossistema e irá liderar a integração numa plataforma única, que poderá interagir com os sistemas dos vários atores. Também será responsável pelos aspetos relacionados com o desenvolvimento do plano de negócio e da comunicação do projeto.

O principal objetivo do Aries é a criação de um ecossistema de identidades digitais que otimize a identidade, a fiabilidade e a segurança. O novo ecossistema facilitará também o trabalho das forças de segurança no combate às novas ameaças à cibersegurança. A equipa multidisciplinar do Aries abordará aspetos legais, éticos, socioeconômicos, tecnológicos e organizacionais dos crimes relacionados com a identidade no mundo virtual (como cyberbullying e phishing) e no mundo físico (como crime organizado e tráfico de seres humanos).

Ao fortalecer a ligação entre os documentos de identificação físicos autênticos, as identidades digitais e a identidade biométrica, o Aries irá oferecer níveis mais elevados de qualidade na utilização dos documentos de identificação seguros, respeitando a privacidade dos utilizadores e garantindo a gestão das identidades digitais em ambientes seguros. Neste âmbito, irá adotar padrões que acautelem a proteção dos dados e privacidade.

Ademais, o projeto pretende fomentar a adoção de elementos que assegurem a verificação rigorosa das identidades, incluindo controlo o biométrico – algo que irá contribuir para reduzir os crimes relacionados com o roubo e a usurpação de identidades. Para responder à necessidade, o Aries disponibilizará novos processos de emissão e autenticação de documentos de identificação.

O ecossistema é dirigido a três segmentos de mercado: cidadãos (através de smartphones),  empresas e ambientes de controlo dos acessos físicos. O Aries irá demonstrar suas funcionalidades e os novos níveis de prevenção e redução dos crimes em duas áreas: o comércio eletrónico seguro e a virtualização das identidades dos viajantes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor