Bitcoin já vale mais que o ouro

FinançasNegócios

É um feito histórico. O ouro já não é o que vale mais dentro dos mercados, mesmo que a correlação de troca entre o ouro e do bitcoin não possa ser equiparada. Nos Estados Unidos, uma unidade da moeda virtual atingiu US$ 1.265 passando a cotação de uma onça de ouro que estava sendo negociada por US$ 1.233.

Segundo o site especializado Coindesk, o bitcoin ultrapassou o valor do ouro pela primeira vez na história sendo que a cotação da moeda digital já valorizou mais de 30%, só esse ano.

“Acredito que existem diversos fatores que impulsionam a alta. Os principais são as incertezas políticas nos EUA, a possível negociação do Bitcoin em bolsas de valores a partir deste mês e o aumento da demanda em diversos países como Índia e Venezuela”, diz Rodrigo Batista, sócio do, empresa que faz negociação de bitcoins na América Latina.

Apesar dos especialistas da área admitirem que o bitcoin pode substituir por inteiro o ouro, ainda existem muito factores que o impedem. Um deles reside na dificuldade de investir em ações do bitcoin e o outro reside no historial da volatilidade de seu valor nos mercados.

O bitcoin foi introduzido como moeda digital em 2008 por Satoshi Nakamoto. Em Fevereiro de 2015,  o número de empresas que aceitam esse sistema de pagamento ultrapassou já as 100 mil.